Os vereadores de Caxias do Sul aprovaram o aumento de 11,4% nos próprios salários. Foto: Divulgação

Os vereadores de Caxias do Sul aprovaram o projeto que aumenta em 11,4% os salários dos próprios parlamentares. A proposta foi aprovada por 14 votos a 6 na sessão desta quinta-feira, 18.

Se entrar em vigor, a medida elevará a remuneração dos parlamentares para R$ 10.607,83. Hoje, eles recebem R$ 9.522,29 por mês. Para virar lei, o texto depende da sanção do prefeito municipal.

Votaram contra os vereadores Daniel Guerra e Renato Nunes, ambos do PRB, Arlindo Bandeira (PP), Edson da Rosa (PMDB), Neri, o Carteiro (SD) e Rafael Bueno (PCdoB). 

Raimundo Bampi (PSB) e Washington Cerqueira (PDT) não votaram.

Segundo o Pioneiro, antes da votação a bancada do PRB reforçou a posição contrária ao reajuste. Renato Nunes afirmou que faltou sensibilidade da mesa diretora ao apresentar um projeto de aumento diante do cenário atual de dificuldade financeira. 

Para Daniel Guerra, o período é inadequado para se apresentar um projeto de reajuste. Caso a proposta fosse apresentada em um momento de economia mais estável, ele votaria a favor. Guerra e Nunes irão devolver o valor do aumento, de R$ 1.085,54.

A cidade realmente não passa por um bom momento econômico. Considerada um dos principais expoentes de negócios no Rio Grande do Sul, Caxias do Sul sofreu uma queda de 18,7% em sua economia em 2015.

O percentual, previsto pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) e Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), é um salto de aproximadamente 150% sobre a queda de 7,3% registrada em 2014, primeira vez em anos que o mercado da região ficou no vermelho.

A crise se refletiu no número de empregos. O ano se encerrou com um total de 165.560 postos de trabalho na cidade, com a perda de 14.171 vagas, 7,9% a menos em relação a 2014.

Além disso, a cidade já enfrenta novos desafios em 2016. A unidade de Caxias do Sul da Robertshaw do Brasil encerrou suas atividades em janeiro, resultando na demissão de cerca de 450 funcionários.

 

Veja como cada vereador votou:

Adelino Teles (PMDB) - Sim

Ana Maria Corso (PT) - Sim

Arlindo Bandeira (PP) - Não

Daiane Mello (PMDB) - Sim

Daniel Antonio Guerra (PRB) - Não

Denise Da Silva Pessôa (PT) - Sim

Edi Carlos Pereira De Souza (PSB) - Presente

Edson Da Rosa (PMDB) - Não

Flávio Guido Cassina (PTB) - Sim

Flávio Soares Dias (PTB) - Sim

Guilherme Guila Sebben (PP) - Sim

Gustavo Luis Toigo (PDT) - Sim

Jaison Barbosa (PDT) - Sim

João Carlos Virgili Costa (PDT) - Sim

Neri Andrade Pereira Junior (SD) - Não

Pedro Justino Incerti (PDT) - Sim

Rafael Bueno (PCdoB) - Não

Raimundo Bampi (PSB) - Não Votou

Renato De Oliveira Nunes (PRB) - Não

Renato José Ferreira De Oliveira (PCdoB) - Sim

Rodrigo Moreira Beltrão (PT) - Sim

Washington Stecanela Cerqueira (PDT) - Ausente

Zoraido Da Silva (PTB) - Sim