Gustavo Felizardo, diretor da Becomex. Foto: Divulgação.

A Becomex, consultoria especializada na área tributária, fiscal e aduaneira, acaba de anunciar a chegada de Gustavo Felizardo para liderar a divisão de negócios voltada à gestão do RECOF-SPED em toda a operação da empresa no país.

Formado em sistemas de informação e com MBA em gestão de projetos pelo IBTA, o executivo é especialista em regimes especiais aduaneiros e possui cerca de 20 anos de experiência.

Felizardo acumula passagens pelas empresas Softway e Thomson Reuters.

Na Becomex, ele chega para lançar um projeto voltado para ajudar empresas exportadoras e importadoras a utilizarem de forma estratégica o regime especial RECOF-SPED.

"O novo projeto vai contribuir com as estratégias para melhorar a performance financeira dos nossos clientes, aumentando o fluxo de caixa e reduzindo custos expressivos em suas operações, por meio de um conceito exclusivo, que alia inteligência e tecnologia", afirma Gustavo Felizardo.

A Becomex atingiu um faturamento de cerca de R$ 70 milhões em 2018, o que significou um crescimento de 30% em relação a 2017.

Para 2019, a aposta da empresa é o Becomex Lab, que conta com investimento de R$ 1,2 milhão. O núcleo integrará o novo polo tecnológico em Joinville e também estará em Campinas.

O investimento abrange estrutura física, com a criação de uma nova sala corporativa que deverá abrigar mais de 80 profissionais em Joinville, além de iniciativas voltadas à formação e desenvolvimento de profissionais de TI.

Com mais de 10 anos de atuação, a Becomex atende cerca de 900 clientes de diversos segmentos, entre eles Grupo Votorantim, Tramontina, Ford, Renault, entre outros. A empresa está presente em seis estados brasileiros, além do Distrito Federal, com mais de 300 colaboradores.