Rapiddo e 99Motos unem suas operações. Foto: divulgação.

O Rapiddo, app nacional de solitação de serviços de motoboy, anunciou nesta sexta-feira a fusão com a startup 99Motos, que também atua no segmento de serviços rápidos.

Com o acordo, de valor não aberto, a 99Motos será incorporada à marca Rapiddo, que pertence à multinacional brasileira de serviços online Movile.

Juntas, as empresas tem a meta de ultrapassar 150 mil entregas por mês, somando as operações no Brasil e na Colômbia. A previsão é que este número triplique até o fim do ano, chegando a 450.000 entregas mensais.

Lançado em 2014, o Rappido é focado em entregas por meio de motos, bicicletas e vans, atendendo a empresas que necessitam de soluções de logística no mesmo dia, como e-commerces, delivery, medicamentos e documentos, além de usuário pessoa física.

No último ano, a empresa registrou um crescimento de 30% em sua demanda. Segundo Guilherme Bonifácio, CEO e fundador do Rappido, após a expansão de setores como o de táxi, de transporte privado e de delivery de comida, o próximo mercado a crescer seja o de aplicativos de entregas rápidas.

"O segmento já movimenta cerca de R$ 20 bilhões no Brasil e R$ 30 bilhões em toda a América Latina. Esperamos que este mercado mova-se rapidamente e que consigamos otimizar ainda mais as entregas", afirma o CEO.

Atualmente a empresa conta com mais de 2.500 entregadores no Brasil e tem presença nas principais metrópoles, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Curitiba; além de atuação na Colômbia com a plataforma Mensajeros Urbanos.

Entre seus clientes estão Banco Itaú, Flores Online, Hospital Albert Einstein, iFood, Cheftime, entre outros.

A fusão das duas marcas é o segundo anúncio de empresas do portfólio da Movile em cerca de 24 horas. A empresa investiu recentemente na iFood, que comprou esta semana tecnologias da norte-americana SpoonRocket para o segmento de food delivery.