O Porto Digital conta com cerca de nove mil profissionais em 300 empresas. Foto: Divulgação.

O Porto Digital, parque tecnológico localizado em Recife, quer chegar em 2025 com cerca de 20 mil colaboradores distribuídos em 500 a 600 empresas no ambiente. Com isso, a ideia é somar um faturamento anual de R$ 3,5 bilhões entre as companhias do parque. 

Atualmente, o Porto Digital conta com cerca de nove mil profissionais em 300 empresas, reunindo um faturamento anual de R$ 1,7 bilhão. 

Para atingir a expansão, o Porto Digital terá três núcleos de atividades: Negócios e Inovação, Gente e Território.

Na área de negócios, o foco é atrair mais companhias para o parque, desenvolver mais startups, montar uma rede de negócios, abrir novos mercados e buscar mais investimentos. 

“Hoje cerca de 50% das residentes do parque são startups e pequenas e médias empresas. Além de seguir o trabalho do Porto Digital de acelera e incubar startups que podem seguir no espaço ao longo de seu crescimento, o C.E.S.A.R. tem um produto hoje para incubar departamentos de inovação de empresas tradicionais no parque, atraindo novos nomes para o ecossistema”, relata Pierre Lucena, presidente do Porto Digital.

O Porto Digital também aposta nas iniciativas de formação de mão-de-obra por meio de parceria com universidades e atração de colaboradoras por meio do programa Mulheres em Inovação, Negócios e Artes (MINAs).

O MINAs tem como objetivo fortalecer a presença de mulheres nas áreas de tecnologia da informação e comunicação (TIC) e economia criativa, com foco em Pernambuco, especialmente nas cidades do Recife e Caruaru. 

Com a previsão de crescimento, a estratégia de território é acomodar a expansão do Porto Digital. Entre as oportunidades vislumbradas está a área do bairro de Santo Antônio, com melhoria das infraestruturas da região para atender às necessidades de empresas de alta tecnologia.  

Além das atividades-fim, o Porto Digital irá desenvolver também as atividades-meio nas áreas de espaço e sustentabilidade. Entre as propostas estão o avanço na estrutura patrimonial, a busca pela iniciativa privada para o encaminhamento de projetos autossustentáveis, geração de caixa para projetos, escalabilidade de soluções e foco no resultado.

O Porto Digital é um parque urbano instalado no centro histórico do Bairro do Recife, mas já conta com áreas de expansão para os bairros de Santo Antônio, São José e Santo Amaro - o que totaliza uma área total de 171 hectares na capital pernambucana. 

A região, antes degradada e de pouca influência na economia local, vem sendo requalificada de forma acelerada em termos urbanísticos, imobiliários e de recuperação do patrimônio histórico edificado. 

Desde a fundação do parque tecnológico, em 2000, já foram restaurados mais de 84 mil metros quadrados de imóveis históricos.

Atualmente, o Porto Digital abriga 316 empresas, organizações de fomento e órgãos de Governo, com 9 mil colaboradores e 800 empreendedores.

Entre as grandes empresas presentes no parque estão Accenture, Neurotech, In Loco Media e Avanade.