A UFPE adotou a solução de segurança G Data ClientSecurity Business. Foto: Divulgação.

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) adotou a solução de segurança G Data ClientSecurity Business para a proteção de sua rede de computadores contra ameaças cibernéticas.

Antes do G Data, a instituição usava uma ferramenta que considera que não era abrangente e forte o suficiente para garantir o acesso protegido ao corpo docente, discente e colaboradores administrativos à rede e internet.

Diogo Dias, gerente de TI da UFPE, conta que o G Data foi avaliado junto com outras soluções do mercado e que a aquisição ocorreu devido às avaliações positivas obtidas pelo produto nos testes promovidos por laboratórios de análise de antivírus e também porque o produto possui suporte em português oferecido pela FirstSecurity no Brasil.

“O G Data ClientSecurity Business possui um conjunto abrangente de recursos e não consome equipamento como outras tantas ferramentas de proteção antivírus. Além disso, tem uma console amigável que nos permite monitorar toda as máquinas e servidores de maneira intuitiva”, conta Dias.

Para ele, esse controle é fundamental para que o gerente tenha uma visão ampla do que está acontecendo na rede de computadores. 

“O G Data tem um ambiente de configuração muito bom, o que facilita o nosso trabalho, deixando o usuário final sem preocupação quanto à sua segurança. Ter as máquinas na mão é um dos maiores benefícios que podemos destacar, uma vez que o G Data oferece um feed back abrangente para que possamos tomar as decisões adequadas”, completa.

Fundada em 2006, a FirstSecurity é a única representante do G Data no Brasil. A companhia atende a mais de 7 mil clientes, entre instituições de ensino, universidades, órgãos do governo, autarquias e empresas públicas e privadas.