A MV agora tem uma unidade no Panamá. Foto: Flickr/132646954@N02.

A MV segue sua expansão na América Latina com a abertura de uma unidade no Panamá. A nova operação será iniciada com a implantação de soluções de gestão da informação no Centro Médico Paitilla (CMP), hospital privado com mais de 40 anos.

Localizada na Cidade do Saber, uma área de 120 hectares com mais de 200 edifícios que compõem um centro de desenvolvimento baseado em negócios, ensino acadêmico e pesquisa científica, a filial da MV contará com consultores e gerentes de projetos que darão suporte ao CMP.

O hospital  tem 117 leitos e fica na Cidade do Panamá. 

Em parceria com a Deloitte, a MV já iniciou no CMP a implantação da plataforma de gestão hospitalar SOUL MV; da plataforma Vivace MV, que reúne soluções de medicina diagnóstica; e de soluções de gestão estratégica, como o business intelligence (BI). 

O projeto também inclui a Green Soluções Sem Papel, empresa brasileira que fornece produtos e serviços para compartilhamento de documentos digitais com validade legal.

Para o diretor de negócios internacionais da MV, Marcos Sobral, a instalação da filial no Panamá e a conquista de um cliente de referência abre ainda mais as portas da MV para a América Central. 

“O Panamá é um hub natural, então a sua localização é estratégica para fortalecer nossa atuação em países como Nicarágua e El Salvador”, comenta.

Com mais de 1 mil clientes - entre hospitais, operadoras de planos de saúde e saúde pública - a MV conta com mais de 100 mil médicos e 250 mil profissionais usando as plataformas da empresa.

Além do Brasil e da nova filial, a MV está presente em mais 9 países: Angola, República Dominicana, Uruguai, Peru, Colômbia, México, Panamá, Argentina e Paraguai.

Apesar de não ter revelado valores de faturamento para 2015 e 2016, a empresa registra cerca de 10% de sua receita com negócios vindos de fora do Brasil.

Em 2014, último ano com resultados divulgados, a companhia alcançou uma receita líquida de R$ 161 milhões, alta de 20% frente a 2013.