A empresa de intercâmbios S7 Study, com escritório em Porto Alegre, tem economizado cerca de R$ 200 mil por ano com o sistema cloud da SalesForce.

O custo anual com a assinatura do serviço, que cobra por número de usuários, é de US$ 27 mil. Hoje, o S7 Study tem 37 licenças no sistema de CRM.

Segundo o sócio-diretor Sandro Saltz, o total é bem abaixo do valor que a empresa teria que arcar caso precisasse contratar profissionais desenvolvedores e técnicos de informática, e investir em servidores e softwares como MS Office.

Além disso, a S7 chega a poupar R$ 36 mil por ano em telefone utilizando Skype.

“O nosso trabalho fica facilitado no momento em que todos têm acesso a tudo que está sendo feito e alterado automaticamente, em qualquer lugar do mundo”, explica Saltz.

O diretor diz que  empresa está em fase de orçamento de um sistema ERP que converse com o SalesForce, também nas nuvens.

A S7 Study possui atualmente quatro agências especializadas: Australia Brasil, Nova Zelândia Brasil, Canada Travel e Estados Unidos Brasil, lançada recentemente.

As agências funcionam em escritórios em Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Auckland e Sydney.

Até 2012 o grupo pretende lançar mais três destinos - Irlanda, Inglaterra e África do Sul – cobrindo assim todos os principais países de língua inglesa da mundo. Em seus 13 anos de existência, a empresa já embarcou mais de 7 mil pessoas para o exterior.