FIREWALL

Vivo: aplicação de segurança com F5

18/05/2016 09:42

O plano da Vivo Empresas é levar o Vivo Aplicação Web Segura a um grupo de 1,2 mil PMEs.

O plano da Vivo Empresas é levar o Vivo Aplicação Web Segura a um grupo de 1,2 mil PMEs. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A divisão corporativa da Vivo lançou o Vivo Aplicação Web Segura, uma oferta de serviços de segurança da informação. Na ferramenta, o Firewall de Aplicação Web da F5 Networks é utilizado com o objetivo de proteger os dados e sistemas críticos de pequenas e médias empresas.

“Na internet importa menos o tamanho da empresa e mais a qualidade dos serviços digitais oferecidos de forma automatizada e massificada. Com ajuda da tecnologia da F5 Networks, garantimos que as PMEa contem com a segurança necessária para suportar seus processos produtivos na web”, diz Alfredo Caballero Diaz, gerente de produtos de dados avançados da Vivo.  

A contratação do firewall de aplicação web integrado ao serviço Vivo Aplicação Web Segura é feita por empresa e por número de aplicações. A atuação é gerenciada pelos centros de operação de segurança da provedora de serviços.

As características do mercado de PMEs nortearam os testes para a seleção de fornecedores de firewall para o serviço da Vivo.

“Realizamos uma prova de conceito para determinar qual tecnologia seria capaz de melhor atender às demandas da segurança das aplicações das PMEs. As simulações realizadas eram muito próximas dos ambientes de produção deste universo. Ao final do dia, os testes mostraram o valor que a F5 poderia aportar à nossa oferta”, detalha Guilherme Gonçalves Cintra, gerente de produtos de segurança da iformação da Telefonica Vivo Brasil. 

Um dos diferenciais do firewall é trazer suporte nativo e atualizado a um grande número de protocolos de aplicações. Isso garante que o firewall vai ser configurado corretamente, atuando de modo a evitar falsos positivos que possam prejudicar o desempenho da aplicação web e o próprio andamento dos negócios. 

O firewall da F5 Networks bloqueia todos os acessos a aplicações que apresentem um comportamento suspeito. Assim, antes que uma PME possa usufruir da tecnologia, é necessário configurar a solução para que ela analise os protocolos das aplicações da empresa e identifique o que é um acesso seguro e o que é um ataque.

Como o Vivo Aplicação Web Segura é uma oferta padronizada e pré-formatada para o universo de pequenas e médias empresa, a solução foi a F5 Networks construir diversos templates que realizassem essa filtragem para um perfil muito variado de empresas.

Os templates devem pré-configurar o firewall de aplicação web para trabalhar, por exemplo, com plataformas como o Microsoft Office 365, Totvs ou SAP, portais Linux, etc.  

A oferta Vivo Aplicação Web Segura atende desde empresas com 4 aplicações web – sistemas capazes de realizar até 600 transações por segundo – até empresas com 10 aplicações web.  

O plano da Vivo Empresas é, nos próximos anos, levar o Vivo Aplicação Web Segura até um grupo de 1,2 mil PMEs que já trabalhem com aplicações digitais via Internet. A meta da operadora é primeiramente atender a empresas localizadas em São Paulo.

As verticais-alvo da companhia são varejo, pequenas seguradoras e empresas de microcrédito, pequenos bancos e financeiras, empresas de logística e faculdades. 

“Empresas que estejam se preparando para o e-commerce são um claro foco da nossa oferta”, diz Cintra.

A Vivo Empresas tem mais de 1 mil canais de vendas exclusivos em todo o Brasil e atende a mais de 1,2 milhão de clientes.

Veja também

AUTOMAÇÃO DE PROCESSOS
Telefônica: BPO de suporte com Sonda IT

Operadora terceirizará suas operações de service desk, suporte a serviços em campo e gestão de ativos.

TELEFONIA MÓVEL
Brasil perde 12 mi de linhas em dezembro

Em 2015, a telefonia acumulou perda de cerca de 23 milhões de linhas ativas em relação a 2014. 

AMDOCS
Telecom: quando e como ser digital?

De acordo com a pesquisa realizada mundialmente, CEOs e líderes tecnológicos não estão sintonizados em relação a projetos de transformação. 

FIM
Vivo "matará" GVT em 15 de abril

Sites das empresas já serão unificados e código de ligações de longa mudará o 25 da GVT para o 15 da Vivo.

MOBILIDADE
Oi terá MDM da IBM

A Oi vai ofecerer a plataforma de gerenciamento de dispositivos móveis Maas360 como serviço.

VENDAS
Xiaomi e Lenovo deixam top 5 de smartphones

As fabricantes chinesas de smartphones Oppo e Vivo entraram no ranking.