Funcionários da Manserv. Foto: divulgação.

A Manserv, uma das maiores empresas de terceirização do país, fechou um contrato com a Totvs para implementar a plataforma Fluig para simplificar os processos de RH e cumprir com as obrigações legais propostas pelo projeto e-Social.

O eSocial é um projeto do governo federal que visa unificar o envio de informações trabalhistas vai impactar a operação de diversas empresas, principalmente as que concentram altos números de funcionários.

É o caso da Manserv, atuante em mais de 400 pontos em todo o Brasil com cerca de 23 mil colaboradores.

O projeto da Manserv começou com a inclusão de novos campos no sistema de gestão da empresa, o RM.

Para o controle de horas extras, por exemplo, o sistema permite integração ao ERP e ao sistema de ponto eletrônico chegando a atuar até mesmo em caso de rescisão de contrato quando a própria solução aponta inconsistências de horas. 

Entre as demais atividades do eSocial que serão desempenhadas dentro do Fluig destacam-se o cadastro de benefícios, afastamento de pessoas, licença maternidade, folha de pagamento, entre outras.

“Os arquivos serão fechados no Fluig e enviados diretamente ao Governo. Os processos ficaram mais rápidos e o RH faz apenas a validação. A implantação da ferramenta está transformando o departamento em uma área mais estratégica”, afirma Emerson Lindert, gerente Tecnologia da Informação da Manserv.

A Manserv esperava fechar 2016 com um faturamento de R$ 2,1 bilhões, alta de 31%. A lista de clientes inclui multinacionais como Volvo, a Braskem, a Chevron, a Petrobras, o Walmart e a Gerdau.

O Fluig foi lançado com barulho pela Totvs em 2013, como parte de uma estratégia mais ampla de transformar seus ERPs em uma espécie de motor transacional, deixando a interface de usuário com o novo produto. Desde então, 1,4 mil empresas já adotaram a ferramenta.