Romain Mallard. Foto: divulgação.

Vale, Aliança Francesa e Sebrae são alguns dos nomes que engordaram a carteira da curitibana Digital SK, franco-brasileira especializada em soluções de e-learning, este ano, elevando a base geral para 150 empresas, o que traduzido em alunos passa dos 500 mil.

De janeiro para cá a alta no número de novos contratos foi de 57% sobre todo o número de 2011.

Já o faturamento da companhia, que tem sede brasileira em Curitiba e unidade em São Paulo, subiu 98%.

O valor faturado, a empresa não revela, mas destaca meta de crescer 40% este ano.

Os novos projetos, que a companhia revela questões contratuais para não divulgar valores, reforçaram os negócios em três segmentos de atuação - privado, público e educacional – e também na oferta.

Para a Aliança Francesa, por exemplo, a curitibana está finalizando um modelo inédito de ambiente virtual de aprendizagem.

Já para o Sebrae, o trabalho inclui um projeto de WebTV da instituição em âmbito nacional,  que já conta com audiência de mais de 300 mil visitantes/mês, com conteúdo voltado ao micro e pequeno empresário.

COMPRAS

Soluções de web vídeo, aliás, são um nicho onde a Digital SK vem crescendo desde o fim do ano passado, quando adquiriu a VFlow, também curitibana e especializada neste segmento, que trouxe para a carteira da compradora clientes do porte de IG e Natura.

PARCERIAS DE PESO

As soluções da VFlow abrangem da produção à difusão e gestão de conteúdos, e se integram ao Moodle, plataforma virtual de aprendizagem mais usada no mundo e da qual a Digital SK é o maior parceiro no mercado sul-americano, segundo o diretor de Tecnologia, Romain Mallard.

Baseado em open source, o Moodle permite uma maior oferta com menor custo, garante o executivo, o que também possibilita expandir o escopo de atuação.

“Atendemos a maior empresa privada do país (Vale), mas temos ampliado a oferta com soluções e cursos prontos acessíveis para as de médio porte”, comenta Mallard.

Uma amplitude pautada, ainda, em outras parcerias de peso: a companhia também oferece cursos prontos com conteúdos elaborados por escolas como Harvard, Insead e London Business School, detalha o executivo.

“O software livre traz a melhor resposta para a diversidade de demanda que existe nos diferentes segmentos e o conteúdo pronto dá agilidade aos projetos", resume o diretor.

NOVIDADES À VISTA
Para manter o ritmo de expansão, a Digital SK anuncia incrementos já para o segundo semestre, quando promete lançar a versão 2.3 do Moodle, além de inovações em mobile learning.

No ambiente de aprendizagem online, vêm por aí mais recursos de interação entre professores e alunos, integração com repositórios de conteúdos (Google Docs, Drop Box, BOx.net, Amazon), além de repositórios de vídeos, com a tecnologia VFlow.

Um novo sistema de avaliação, com mais exercicios, formatos de reporting e facilidades para os gestores dos cursos, também podem ser esperados, segundo Mallard.

Em mobilidade, a empresa trabalha na integração de suas plataformas e na adaptação dos conteúdos para tablets.

Também se pode aguardar novidades na área de alianças.

“Trabalhamos na localização para o Brasil de um catálogo de cursos de gestão e liderança em parceria com a CrossKnowledge”, destaca o diretor de Tecnologia.

Com 75 colaboradores, no geral, a Digital SK atende, ainda, a clientes como HSBC, Renault, Senai e L'Oreal, entre outros.