Chega de Android no Nokia X. Foto: divulgação.

O Android não tem mais vez na Nokia. Assumindo de vez a bandeira da Microsoft e do Windows Phone, a fabricante finlandesa anunciou nesta quinta-feira, 17, que descontinuará a produção de smartphones com o sistema do Google.

Segundo destaca o Business Insider, a decisão não surpreende, já que desde o ano passado a Nokia já faz parte da empresa de Redmond, que pagou US$ 7,2 bilhões pela fabricante.

A expectativa de analistas na época era de que a Nokia assumiria de vez o posto de marca-símbolo do Windows Phone, postura que a empresa já vinha ensaiando desde 2011. Entretanto, no início deste ano a Nokia lançou sua linha X, que rodava Android.

Tudo bem que era uma versão modificada do sistema operacional do Google, somado à diversas aplicações da Microsoft como o Outlook, Bing, and Skype, no lugar de apps do Google. Mesmo assim, a manobra da Nokia confundiu o mercado.

De acordo com fontes ligadas à Microsoft que falaram com o Business Insider, a decisão da fabricante europeia ao usar o Android após a compra pela Microsoft foi "embaraçosa".

O fato é que agora a transição é total. Em memorando, o CEO Satya Nadella declarou que a linha X será totalmente remodelada para usar WIndows Phone no lugar do Android.

Segundo dados da ComTech, o Windows Phone fechou 2013 em alta, ficando com um share de 10,1% no mercado, quatro pontos percentuais acima do que tinha no final de 2012. Ainda na frente estão o iOS, com 19% e o indiscutível líder Android, com 65,1%