Masayoshi Son, presidente da SoftBank. Foto: Divulgação.

A japonesa SoftBank confirmou a aquisição da fabricante britânica de chips ARM Holdings por £ 24,3 bilhões.

SoftBank vai pagar £ 17 por ação da ARM - valor 43% maior que o preço de fechamento das ações na sexta-feira.

O negócio é visto como a maior aquisição de uma empresa de tecnologia da Europa. A transação acontece apenas algumas semanas após o Reino Unido votar por deixar a União Europeia.

Para o Business Insider, o movimento será visto por muitos como um sinal de que o Reino Unido ainda é um bom lugar para fazer negócios.

Fundada em 1990, a empresa baseada em Cambridge desenvolve microchips para diversos smartphones, incluindo o iPhone, da Apple. Seus chips também têm potencial de utilização em uma gama crescente de outros dispositivos do universo da internet das coisas, como carros, TVs e geladeiras.

A SoftBank afirmou que pretende "preservar" a organização da ARM, incluindo a equipe de gestão senior existente, além da marca e o modelo de negócios baseado em parcerias.

A ARM permanecerá com sua sede em Cambridge após o acordo. A SoftBank espera dobrar a equipe da ARM nos próximo 5 anos. Hoje a empresa conta com 3 mil colaboradores.

Philip Hammond, novo ministro de Finanças do Reino Unido, disse que o investimento da SoftBank é o maior já feito pela Ásia no Reino Unido. 

“O acordo vai dobrar o número de postos de trabalho e transformar esta grande empresa britânica em um fenômeno global", completou.

Masayoshi Son, presidente do grupo japonês, conversou por telefone com Theresa May, primeira-ministra britânica, e com Hammond. 

"Eu falei com eles sobre nossos planos de manter os funcionários da empresa e a sede em Cambridge, além de como esperamos melhorar o ecossistema do Reino Unido", disse Son.

Em coletiva de imprensa, o presidente relatou que o Brexit não afetou a decisão de comprar Arm, segundo o Financial Times.

"Eu não fizr o investimento por causa da Brexit. A mudança de paradigma na área de internet das coisas é a oportunidade”, explicou.