Jorge Altíssimo, diretor presidente da Consolata.

A Consolata Alimentos, com sede em Cafelândia, no norte do Paraná, acaba de implementar o software de gestão da SAP, com consultoria da também paranaense SPRO.

O processo foi concluído em três meses e meio com uso das chamadas rapid deployment solutions, soluções pré-configuradas da multinacional alemã. Ao todo, o software terá 25 usuários.

O projeto inclui também uma integração com Adobe Forms para a automatização de emissão de ordens de vendas, instalações com banco de dados SyBase e ajustes para emissão de conhecimento de transporte e notas eletrônicas.

O projeto foi o primeiro entregue pela unidade Cascavel da SPRO, que está sediada em Curitiba.

Fundada em 2008, a SPRO tem hoje 70 consultores e já entregou mais de 300 projetos.

A companhia faturou no passado R$ 12 milhões, alta de 33%, e projeta ficar em R$ 15 milhões em 2014, o que significa uma alta de 25%.