O ERP Cigam foi implantado na Radix em 1º de agosto.

A Radix, empresa de engenharia e software, vai adotar um sistema de gestão da gaúcha Cigam, com implementação da unidade Cigam Solar, no Rio de Janeiro.

De acordo com Maurício Miele, diretor financeiro e administrativo da Radix, o ERP Cigam foi o escolhido para substituir o sistema de gestão anterior por ter foco na prestação de serviços. 

“Um dos motivadores para a troca do sistema foi o crescimento da Radix. Com esse crescimento, nossas  demandas também aumentaram, bem como a necessidade de integração total entre os departamentos para processos mais assertivos e ágeis”, afirma.

O ERP Cigam foi implantado na Radix em 1º de agosto. O projeto completo tem conclusão prevista para janeiro de 2015 e contará com a implantação inicial de 13 módulos, entre eles: finanças, compras (com versão mobile), faturamento, contabilidade, contrato, folha de pagamentos, gestão de benefícios, BI e gestão de serviços. 

Fundada em 2010, a Radix tem sede no Rio de Janeiro e escritórios em Belo Horizonte, Curitiba, Campinas, Foz de Iguaçu e Houston, nos EUA. Em sua carteira de clientes, conta com empresas como Petrobras, CSN, Vale, Braskem entre outras. Para 2014, a empresa pretende faturar R$60 milhões.

Com mais de 28 anos no mercado de software de gestão empresarial, a Cigam, de Novo Hamburgo, conta com mais de 4,6 mil clientes. A empresa tem 80 unidades de atendimento distribuídas pelo Brasil e uma no México e conta com cerca de 800 profissionais oferecendo soluções em ERP, CRM, BI, RH e Mobile.

A companhia anunciou um faturamento de R$ 45 milhões em 2013, um crescimento de 8% em relação a 2012. Para 2014, a empresa estimou, em janeiro, um crescimento de 22%.