Fábio Melo.

A T-Systems acaba de contratar Fábio Melo como gerente de contas de PLM.

Melo está de volta no mercado de PLM, onde passou por boa parte dos players mais relevantes.

Na Dassault Systèmes, foi o profissional responsável pela o atendimento da Embraer. Melo também trabalhou com vendas na Siemens PLM e na PTC.

A contratação faz parte do aprofundamento de um acordo com a Siemens PLM, um dos maiores players no mercado de software para gerenciamento de ciclo de vida do produto, dentro do posicionamento de mercado que a T-System chama de “Indústria 4.0”.

O objetivo da companhia é levar ao mercado soluções baseadas em comunicação máquina a máquina (M2M) e identificação de alta frequência (RFID) em larga escala, tecnologias pelas quais é possível executar o conceito de Internet das Coisas.

A parceria entre a T-Systems e a Siemens é de longa data, tendo como seus clientes fabricantes como Volkswagen e Daimler. 

A T-Systems tem também  um acordo semelhante com a SAP, focado em oferecer uma solução de logística conectada, com o nome de smartPORT.

A novidade, que já foi colocada em uso pela Autoridade Portuária de Hamburgo, é composta pelo software SAP Connected Logistics e pela solução Connected Car da T-Systems, subsidiária da Deutsche Telekom.

Um relatório recente da CIMData aponta que o mercado para o setor de PLM cresceu quase 8% em todo o mundo, de 2013 para 2014, gerando negócios em torno de US$ 37,6 bilhões.

Já em 2015, a expectativa de crescimento para PLM no mundo é de 5,8% e as perspectivas são cada vez mais positivas. A consultoria estima que, até 2019, o setor apresente uma taxa de crescimento anual composto de 5,9%, chegando a US$ 50 bilhões.