Raphael Melo e Lincoln Ando, co-fundadores da IDwall. Foto: Divulgação.

A Avante, startup brasileira focada em soluções financeiras para microempreendedores, contratou a IdWall como fornecedora de um pacote de segurança e prevenção a fraudes.

A IdWall é responsável por fornecer uma plataforma capaz de verificar documentos e informações pessoais a partir de bancos de dados digitais.

O contrato com a Avante envolve uma solução com três produtos: Validação de Documentos, Background Check e Face Match.

A ferramenta de validação de documentos extrai as informações de RG ou CNH, transforma a foto em dados editáveis e realiza a validação em bancos de dados públicos e privados para garantir a autenticidade do documento. 

O foco é prevenir o cadastro de fraudadores e diminuir o número de campos necessários nos formulários de cadastro.

Já a Background Check garante que a Avante cumpra todas as exigências regulatórias de compliance. O Face Match é o produto de biometria facial que certifica que o solicitante de crédito é a mesmo portador do documento enviado.

Hoje, a Avante oferece microcrédito em 1,1 mil cidades do Brasil. Desde 2012, foram concedidos R$ 207 milhões a 65 mil microempreendedores.

A empresa conta hoje com 200 funcionários e espera registrar 1 milhão de clientes até 2021.

Fundada em 2016, a IDwall atende a clientes como 99, Movida, Capytalys, Recarga Pay e Rappi.

Os fundadores da empresa são Lincoln Ando e Raphael Melo, ambos com passagem pelo Banco Original entre 2010 e 2013.

Há cerca de cinco meses, a IDwall recebeu um aporte no valor de 9 milhões liderado pelo fundo Monashees e com a participação do Canary, da Fundação Estudar e do Mercado Livre.

Em março de 2017, a IDwall também captou R$ 2 milhões da Monashees e da Canary em sua segunda rodada de investimento. Antes, a 500 Startups havia aplicado R$ 500 mil no processo de aceleração da startup.