Foto: flickr.com/photos/bfishadow

Tamanho da fonte: -A+A

O Google vazou seus resultados financeiros trimestrais em documento que deveria ser registrado no órgão regulador do sistema financeiro americano somente no fechamento do mercado. Com o erro, o documento foi arquivado de forma incompleta antes do previsto.

A companhia, que está tentando reestruturar a controlada deficitária Motorola Mobility, apresentou queda de 20% no lucro do terceiro trimestre, para US$ 2,18 bilhões. O lucro de itens extraordinários no terceiro trimestre foi de US$ 9,03 por ação, inferior à expectativa de analistas de ganho de US$ 10,65 por papel, nessa base.

A divulgação do resultado fez as ações da empresa caírem mais de 10%. A bolsa eletrônica Nasdaq suspendeu a negociação com as ações do Google, quando os papéis recuavam 9%, à espera de informações.

No release, consta uma anotação indicando que ainda faltava adicionar ao documento um comunicado do CEO da empresa, Larry Page. "Citação de Larry pendente", diz o arquivo reproduzido pelo site TechCrunch.

Conforme mostra os resultados, a receita líquida reportada, excluindo custos de aquisição de tráfego na web, foi de US$ 11,3 bilhões no terceiro trimestre, abaixo da estimativa média de Wall Street de cerca de US$ 11,9 bilhões.