Água de Cheiro vende cosméticos. Foto: flickr.com/photos/lessandmorevienna/

A Água de Cheiro, empresa de cosméticos com mais de 850 lojas em todo o Brasil, fechou contratos com a  Amazon Web Services e Google Apps com apoio da consultoria Dedalus.

O objetivo é garantir estabilidade de campanhas que geram grande número de acessos online, como o Dia das Mães, Pais, Namorados e Natal, e eram várias horas com o web site fora do ar. 

“A ideia agora é passar a utilizar os serviços AWS para a intranet, em breve”, antecipa Cristiano Aender, gerente de TI da Água de Cheiro.

A decisão pelo Google Apps for Business foi tomada depois do serviço de e-mail antigo apresentar muitos problemas de conexão, perda de dados, instabilidade e falta de integração com plataformas móveis. 

“As nossas equipes usam muito o BlackBerry e o acesso às contas de e-mail no smartphone eram inviáveis”, conta Aender. 

Comprada em 2009 pela holding Globalbras, do empresário mineiro Henrique Alves Pinto, a Água de Cheiro passou por uma grande expansão desde então, saindo de 269 lojas para cerca de 850 no Brasil, atingindo uma receita estimada de R$ 400 milhões em 2011.