Joinville recebeu equipe da IBM. Foto: flickr.com/photos/leandrostencils.

As cidades de Uberlândia e Joinville receberam uma equipe de profissionais da IBM, através do projeto Corporate Services Corps (CSC), que tem como função auxiliar no desenvolvimento de órgãos e instituições locais.

Durante os meses de setembro e outubro, os visitantes, vindos de diversos países compartilharam conhecimentos e experiências, propondo estratégias para o desenvolvimento de instituições e órgãos públicos.

Os integrantes da equipe são dos Estados Unidos, Reino Unido, China, Turquia, Austrália, África do Sul, Irlanda, Alemanha, Nova Zelândia, Vietnã, Holanda, Japão, Emirados Árabes, Polônia e Chile.

Em Uberlândia, as instituições beneficiadas pela iniciativa foram  Ação Moradia, Instituto Politriz, Instituto Ipê Cultural, ONG Casa e Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

Já em Joinville, foram contempladas a Fundação Turística da Prefeitura Municipal, a Associação Projeto Resgate, o Parque de Inovação Tecnológica de Joinville e Região (Inovaparq) e a Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema).
 
Durante 60 dias, trinta dias em cada cidade, o time de funcionários se dividiu entre as nove organizações para estudar o atual cenário e propor melhorias para o município.

Segundo a IBM, o objetivo também é qualificar líderes com uma visão globalizada, sistêmica e integrada, dentro e fora da empresa.

"O projeto visa contribuir para uma melhor gestão de questões críticas da sociedade, como desenvolvimento econômico, cidadania, educação e cultura, saúde e sustentabilidade", afirmou a Big Blue em comunicado.

Esse ano foi a primeira vez que o programa aconteceu em cidades de médio porte e contou com parcerias em secretarias públicas. Outra inovação dessa edição foi a presença de um dos clientes da IBM, o banco JP Morgan Chase, que enviou quatro representantes para os projetos em Uberlândia.

PORTO ALEGRE

O interesse da IBM pelas cidades também passa por Porto Alegre. Em 2013, a capital gaúcha participou do projeto Smart Cities, ao lado de Vitória (ES) como as cidades brasileiras escolhidas para o projeto.

A cidade foi uma das 31 vencedoras do Smarter Cities Challenge, programa através do qual a IBM anunciou investimento de US$ 400 mil para apoiar o desenvolvimento de projetos nas cidades.

No caso de Porto Alegre, seis funcionários da IBM ficaram alocados na prefeitura por três meses, atuando em sugestões de soluções que incluíram um sistema para simular impactos antes da tomada de decisões sobre obras e ações demandadas pelo Orçamento Participativo (OP).