Profissionais de TI tendem a receber mais em 2014. Foto: flickr.com/photos/17748937@N00.

O Guia Salarial 2014 da Robert Half, empresa de recrutamento especializado, indica que a demanda por profissionais de TI vai seguir alta no próximo ano.

Com a crescente importância da área nos organogramas das organizações, a expectativa é de que os salários dos diretores de TI e CIOs aumentem 9%, partindo da faixa de R$ 20 mil a R$ 50 mil de 2013 em grandes empresas, para de R$ 25 mil a R$ 55 mil em 2014. 

Nesse contexto, os gerentes de TI receberão 4,5% mais. Nas pequenas e médias empresas, o salário variará de R$ 12,5 mil a R$ 25 mil, enquanto em grandes companhias o valor vai de R$ 15 mil a R$ 30 mil.

A empresa estima que a demanda de mão de obra qualificada será alta, principalmente nas áreas de implementação de sistemas, negócios e infraestrutura, conforme publicação do NBusiness.

E para aqueles profissionais que conseguem fazer interface com as outras áreas, entender o negócio e identificar o que é preciso para suprir as necessidades da empresa são os mais disputados.

Dessa forma, a instituição acredita que os que têm um histórico profissional interessante e qualificação serão mais valorizados. 

As posições mais demandas serão: profissionais ERP, analistas de negócios/especialistas e profissionais de infraestrutura. 

A expectativa de aumento salarial para analista ERP Pleno é de 44%, enquanto um analista de negócios júnior terá um incremento de 20%, com salário de até R$ 6,5 mil. 

Para a empresa, assim como engenharia, finanças e contabilidade, a área de tecnologia tem poucos profissionais e por isso não registrou a queda nos salários e contratação de colaboradores com menos experiência. Assim, registrou aumento em alguns cargos e a tendência deve seguir em 2014.

Além das habilidades tradicionalmente valorizadas como proatividade, habilidade em gestão de pessoas e foco em resultados, as companhias também têm procurado executivos com perfil multitarefa, com estabilidade em empregos anteriores e capazes de transitar em diversas áreas do negócio.

A dificuldade segue sendo encontrar profissionais com boa fluência em inglês.

Por outro lado, também há uma exigência dos candidatosque consideram a estabilidade financeira da organização, plano de carreira, planos de expansão e investimentos. Afinal, o equilíbrio da vida pessoal e profissional é valorizado pelos profissionais.

O estudo comparou os salários mínimos de cada posição, chegando a uma variação percentual ano a ano, o mesmo ocorre com os salários máximos. Com as taxas definidas, calcula-se a média das variações percentuais.