Rodrigo Ladeira.

A Sonda anunciou a contratação de Rodrigo Ladeira, ex-diretor de marketing para América Latina da Ingenico, como seu novo diretor de marketing. 

Com mais de 20 anos de experiência, Ladeira estava na Ingenico nos últimos dois anos. No BT Group, empresa na qual ficou por 10 anos, foi head da mesma área.

O executivo também teve passagens por Ericsson, Flextronics em Comsat. 

Ladeira é graduado em administração, pela Universidade Federal de Santa Catarina, especializado em comunicação, pela Universidade do Estado de Santa Catarina, e cursou MBA em marketing, pela Fundação Getúlio Vargas.

No cargo, o profissional vai liderar as áreas de posicionamento de marca, geração de demanda, comunicação, marketing de relacionamento, inteligência de mercado e eventos.

O executivo responderá localmente para Affonso Nina, CEO do Grupo Sonda Brasil, com reporte matricial para Alberto Merino, vice-presidente de desenvolvimento de negócios para a América Latina.

"A Sonda tem expandido as fronteiras de tecnologias disruptivas, com a utilização de IoT, analytics, RPA e cloud em serviços tradicionais da TI. Ladeira se une ao nosso time para ampliar o cross selling e o upselling, sempre olhando para soluções inovadoras como forma de levar mais produtividade e receita aos nossos clientes", comenta Merino.

Nos primeiros nove meses de 2019, a Sonda teve um crescimento de receita de 6,8%, atingindo uma receita consolidada de US$ 836,2 milhões. No Brasil, apresentou um crescimento de 13,7%.

"A tarefa de orquestrar um planejamento estratégico adequado com a aplicação correta do mix de marketing é desafiante e, ao mesmo tempo, uma oportunidade incrível, diante de um portfólio tão extenso", ressalta Rodrigo Ladeira, novo diretor de marketing da Sonda.

A Sonda afirma ser a maior empresa latino-americana de soluções e serviços de tecnologia, com receita de US$ 1,152 bilhão em 2018 e 16 mil funcionários. 

A companhia tem presença direta na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Panamá, Peru e Uruguai.

No Brasil, está presente nos 26 estados e no Distrito Federal, com mais de 8 mil colaboradores e 700 clientes.

A empresa conta com seis centros de serviços, um centro de inovação e três data centers. A receita da companhia no Brasil em 2018 foi de US$ 329 milhões.