Ad Platform do Baidu chega ao Brasil. Foto: Shutterstock.

A multinacional de tecnologia Baidu anunciou para o Brasil o lançamento de sua plataforma de publicidade Du Ad Platform, que permite aos desenvolvedores de aplicativos monetizarem seus produtos com base em sua audiência.

A Du Ad Platform oferece aos desenvolvedores uma plataforma de anúncios que podem ser integrados aos apps oferecidos no marketplace da Baidu, que atualmente conta com mais de 700 milhões de usuários ativos mensais em todo o mundo. No total, a Du Ad Plataform é utilizada em 200 países.

Para começar a usar a DAP, o desenvolvedor realiza um rápido cadastro no site, recebe um código para implementação em sua aplicação e já começa a ter os anúncios da rede Baidu exibidos em seu aplicativo.

Além de ganhar dinheiro com os anúncios no próprio app, o desenvolvedor também pode trabalhar de forma oposta, publicando seus banners nos aplicativos Baidu, que impactam mais de 27 milhões de pessoas por mês no Brasil.

Segundo Felipe Zmoginski, Gerente de Marketing do Baidu no Brasil, o DAP é uma grande oportunidade para diversos desenvolvedores locais buscarem maior visibilidade e incrementarem seus ganhos.

"Queremos apoiar o crescimento dessas pessoas, além de engajar a indústria digital brasileira como um todo”, afirma Zmoginski.

No Brasil desde 2013, o Baidu intensificou seu foco no Brasil ao longo de 2015, seguindo um planejamento de investimentos estimado em R$ 120 milhões para o país, incluindo um centro de desenvolvimento no país. O Baidu distribui no Brasil o software de segurança Baidu Antivírus, o acelerador PC Faster e o navegador Baidu Browser.

Além disso, a empresa chinesa comprou o site de vendas coletivas Peixe Urbano, assim como fez iniciativas de marketing como patrocinar o clube paulista Rio Claro Futebol Clube para o Campeonato Paulista do ano passado.

Apesar das boas intenções, o Baidu é constante alvo de críticas por suas práticas duvidosas em relação à sua política de publicidade. Segundo matéria publicada pelo Financial Times, as plataformas da companhia são infestadas de malwares, anúncios de gosto inadequado e baixa segurança.

Agora resta saber como o Ad Platform vai ser comportar no Brasil.