Benjamin Quadros. Foto: divulgação.

A BRQ IT Services encerrou 2012 com receita de R$ 435 milhões, crescimento médio de 30% sobre 2011.

De acordo com Benjamin Quadros, presidente da empresa, o resultado impulsiona os planos de listar a companhia na Bovespa ainda este ano, com abertura de capital prevista até 2015, quando a meta é atingir faturamento de cerca de R$ 1 bilhão.

“Para alcançar esta receita, novas aquisições, já em período de avaliação, estão programadas para 2013 e seguiremos com a consolidação de nosso portfólio de ofertas”, ressalta o executivo.

Ao longo de 2012, a empresa contratou mais de 1 mil profissionais, somando equipe de 4 mil colaboradores.

Além disso, segundo o IDC, a BRQ se consolidou, ainda em 2011, como a maior empresa nacional em serviços de aplicações no setor financeiro, subindo para o primeiro lugar geral em 2012.

“Em 2012 mantivemos nossa liderança nas grandes instituições financeiras, conquistamos novos clientes – notadamente no segmento de meios de pagamento – e ampliamos nossa atuação em outras ofertas ao criar, inclusive, a BRQ Financial Services”, completa Quadros.

A nova empresa foi criada a partir da aquisição da Instisys, focada em consultoria e processos de negócios nas áreas de tesouraria e risco.

Outro setor de destaque para a BRQ em 2012 foi o de energia, no qual a companhia fechou novos contratos no Rio de Janeiro e na região Nordeste, especialmente em BPO.

“As companhias de energia começaram a contratar não somente a gestão de aplicações, como, também, os processos suportados. O modelo de BPO pode gerar um ganho de cerca de 30% de eficiência nos processos”, destaca Quadros.

Para 2013, a empresa projeta crescimento da ordem de 30%, atingindo faturamento de R$ 565 milhões.

Com sede em São Paulo, a BRQ IT tem filiais em Alphaville, Rio de Janeiro, Curitiba, Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília e Nova Iorque.

A oferta da companhia vai de outsourcing de aplicações a soluções de mobilidade, cloud computing e consultoria em TI.