A Apdata alcançou um crescimento de 20% em relação a 2017. Foto: Pexels.

A Apdata, focada no desenvolvimento de tecnologia, serviços de terceirização e consultoria em RH, fechou o ano de 2018 com faturamento de R$ 80 milhões. Com isso, alcançou um crescimento de 20% em relação a 2017.

“Fechamos 34 novos CNPJ este ano. Nossa estratégia de desenvolvimento de software com base na automação dos processos, permitindo o acesso dos clientes via mobile, juntamente com nossa oferta de outsourcing do RH está sendo bem aceita pelas empresas. Percebemos isso durante as entregas do eSocial. Enquanto nossos clientes entregavam todos os dados com tranquilidade, muitas empresas tiveram problemas”, explica Silvania Sleiman, diretora comercial e de marketing da companhia.

Para este ano, a Apdata vai investir R$ 6,5 milhões, sendo R$ 3,5 milhões na construção de um novo prédio com 1.420m², que vai somar ao escritório com 3.650m² já existente e localizado em São Paulo. 

"Nossa intenção é acolher parceiros neste novo espaço e contribuir para a sua capacitação", explica Manoel Rocha, sócio-fundador da Apdata. 

Além disso, a empresa também investirá R$ 1,5 milhão no lançamento de um novo módulo em sua oferta, chamado Workforce. A ferramenta tem foco na gestão da força de trabalho. 

A companhia também seguirá seu plano de crescimento internacional. No início do ano, a empresa inaugurou mais uma sede própria, localizada em Orlando.

O sistemas da Apdata já estão presentes em 12 países: Angola, Peru, Bolívia, Venezuela, Equador, Colômbia, Chile, Argentina, Uruguai, Paraguai e México, além do Brasil. 

A Apdata atende a mais de 730 clientes atualmente.