Paulo Magnus, o presidente da MV

A MV, porto-alegrense especializada em sistemas de gestão de saúde, acaba de homologar um dos PDAs da Honeywell Scanning & Mobility, o Dolphin 9700hc.

O equipamento, projetado especificamente para a área de saúde, é componente de uma solução da MV destinada à administração de medicamentos em clínicas e hospitais.

A ferramenta automatiza a rotina de profissionais de saúde na administração e prescrição de remédios, eliminando qualquer margem de erro, segundo Charles Schimmock, diretor de Sistemas da MV em Passo Fundo.

“Quando uma prescrição é gerada pelo médico, uma solicitação é enviada ao estoque de medicamentos do hospital diretamente no Dolphin 9700hc”, explica ele. “A demanda é identificada por meio de código de barras único que aponta, inclusive, o lote e a validade do produto”, complementa.

Além disso, ao administrar o remédio, o profissional pode confirmar a prescrição e o horário a ser ministrado na beira do leito, pois o paciente tem uma pulseira codificada com todas as suas informações que pode ser lida pelo equipamento.

Caso o remédio em questão não seja o prescrito, o Dolphin 9700hc informa o engano ao profissional de saúde.

Segundo Schimmock, o dispositivo móvel proporciona segurança também aos hospitais, já que impede o desvio de medicamentos e garante a cobrança de todos os itens.

“Quando o enfermeiro lança a medicação no PDA e faz a checagem na beira do leito, o sistema lança, simultaneamente, a cobrança na conta do paciente”, completa o diretor.

Cássio Pedrão, diretor geral da HSM na América do Sul, ressalta que o PDA é o primeiro disponível no mercado brasileiro com revestimento para “pronta esterilização” – ou seja, resiste aos efeitos nocivos dos produtos desinfetantes usados diariamente em ambientes hospitalares.

O equipamento dispõe de comunicação wireless e Bluetooth, display touch sreen com 3,7 polegadas, plataforma Windows Mobile 6.5 e Memória Flash de 1GB (nativo).

O Dolphin 9700hc lê códigos de barras lineares e 2D (Datamatrix, por exemplo), além de possuir bateria com alta capacidade para operação em grandes jornadas de trabalho.

Lançamentos no foco da MV
O lançamento em conjunto com a Honeywell é só mais uma das apostas da MV para crescer os 50% pretendidos pela empresa em 2011.

A companhia, que no ano passado já expandiu o faturamento em 20% sobre os cerca de R$ 70 milhões obtidos em 2009, credita o crescimento, em parte, à constante apresentação ao mercado de novas soluções.

Um dos exemplos de 2010 é o Soul MV, solução para a área médica 100% web que resultou de R$ 20 milhões em investimento e dois anos de desenvolvimento, envolvendo trabalho de 200 pessoas, entre elas especialistas de Portugal e Inglaterra.

Aumento também na carteira
No ano que passou, a empresa de Porto Alegre, que mantém fábricas de software em Passo Fundo e Recife, além de unidades em Belo Horizonte, Fortaleza, Vitória, Rio de Janeiro e São Paulo, também expandiu a carteira de clientes.

Foram 60 novos contratos e, com isso, hoje a base de ativos da MV chega a 500 nomes, o que, traduzido em usuários, passa dos 200 mil profissionais, totalizando um grupo que, junto, soma mais de R$ 10 bilhões de faturamento/ano.

Os lançadores
O time de colaboradores da empresa, hoje formado por cerca de 700 pessoas, também está em vias de expansão, em função dos lançamentos.

Conforme o presidente da MV, Paulo Magnus, a companhia já estrutura um plano para formar uma equipe de profissionais exclusivamente empregados a gerir as demandas de projetos focados em seu sistema para gestão eletrônica de demandas de médicos e pacientes.

Prontuários, receitas, histórico - tudo fica integrado no software, que já conta com clientes no Nordeste e Rio de Janeiro.

A MV...
A MV é, segundo dados próprios, a sexta maior empresa de software do país.

No portfólio, além das soluções já citadas, figuram o Sistema de Orçamento, Prontuário Eletrônico do Paciente, MV2000i, MV Portal e MV Custos.

Há, ainda, o Sistema de Classificação de Risco, certificado para o uso do Protocolo de Manchester, que ordena o atendimento dos pacientes nos prontos-socorros de acordo com o quadro de saúde de cada um e o Sistema de Gestão de Fluxo, para gestão do atendimento de pacientes.

... E a Honeywell
Já a Honeywell é um conglomerado de cerca de US$ 35 bilhões que atua em diversos setores, oferecendo tecnologia para clientes das áreas de serviços e produtos aeroespaciais, controle de edifícios, casas e indústrias, produtos automotivos, turbocompressores (turbochargers) e materiais especiais.

A sede fica nos EUA e a divisão Honeywell Scanning & Mobility, que firmou a parceria com a MV, atua no fornecimento de soluções para o setor de identificação e captura automática de dados (AIDC), principalmente com coletores de dados portáteis e leitores de códigos de barras.

...

Fale ilimitado com todo o Brasil contratando o NET Fone.