Baguete
InícioNotícias> Officer anuncia novo presidente

Tamanho da fonte:-A+A

CARREIRA

Officer anuncia novo presidente

Leandro Souza
// terça, 19/05/2015 11:04

pós a saída de Ronaldo Miranda do cargo de CEO para a Arrow, a Officer anunciou Luiz Comazzetto como o seu novo presidente.

Comazzetto é novo CEO da Officer. Foto: divulgação.


Comazzetto, que entrou na distribuidora de equipamentos de TI em dezembro de 2014 para desempenhar a função de vice-presidente comercial, agora terá o desafio de coordenar a empresa em um momento complicado. O executivo anunciou a mudança de cargo em sua página do LinkedIn.

De janeiro a setembro de 2014, a distribuidora teve uma receita de R$ 894,5 milhões, recuo de 9,1% sobre igual período de 2013. A distribuidora teve prejuízo de R$ 4 milhões, ante um lucro de R$ 2,4 milhões nos nove primeiros meses do ano passado.

O plano da companhia, segundo destacado pelo ex-CEO Ronaldo Miranda no início do ano e que deve ser seguido por Comazzetto, é de retomar o crescimento em 2015, com uma projeção de receita de R$ 1,5 bilhão a R$ 1,6 bilhão.

Entre as estratégias ensaiadas pela Officer para virar o jogo desfavorável foi o lançamento de uma nova plataforma de vendas, mudando para a nuvem a gestão dos contratos de suas revendas, comissionando e facilitando via web o trabalho do canal.

A expectativa da distribuidora é de que até o final de 2015 a plataforma em nuvem represente cerca de 50% das vendas da companhia. Atualmente ela ocupa cerca de 10%.

O executivo tem experiência no comando de empresas grandes, com passagens pela Microsoft e Nokia - foi diretor de vendas em ambas as empresas - o que pode ajudar no plano de recuperação da companhia, que teve diversas saídas de profissionais nos últimos anos.

Em outubro de 2013, a empresa lidou com a saída do fundador Fabio Gaia. Depois disso, outros profissionais de longa data também deixaram a companhia, como Daniela de Paoli, Betina Testoni e o também fundador Mariano Gordinho.

Segundo dados da Associação Brasileira dos Distribuidores de Tecnologia da Informação (Abradisti), o setor de distribuição passa por um momento de retração. 2014 teve um faturamento estimado em R$ 12,6 bilhões, queda de 5% em relação ao valor de R$ 13,3 bilhões registrado no ano passado.

O setor enfrenta uma queda gradativa nas vendas de hardware. De acordo com a associação, a comercialização de equipamentos responderá por 71% das receitas dos distribuidores esse ano. Em 2013, o percentual ficou em 74%, e em 2012, em 81%.

Leandro Souza