Reunião em Canoas.

O Parque Canoas de Inovação (PCI) começou a tomar uma forma mais definida, com a vinda a público das primeiras 21 empresas interessadas em se transferir para o local nesta quarta-feira, 13.

A lista não é um retrato definitivo do futuro parque, apenas uma lista de companhias que protocolaram seu interesse em receber áreas dentro do chamado cluster tecnológico do parque, na qual ficarão empresas dos segmento eletroeletrônico, automação e controle.

O grupo de interessados inclui players tradicionais do setor eletroeletrônico como a Novus, especializada em instrumentos eletrônicos de medição e controle; a Globus, fabricante de controladores de temperatura e a Digistar, de equipamentos de comunicação convergentes (a lista completa está abaixo).

A lista, no entanto, não tem nenhum nome multinacional de alto impacto. Em agosto do ano passado, a Yangtze Optical Fibre and Cable (YOFC), uma das maiores produtoras de cabos ópticos da China, com faturamento de US$ 1,6 bilhão, chegou a assinar um protocolo de intenções para vir ao Rio Grande do Sul, possivelmente para Canoas, o que aparentemente não avançou.

A manifestação de interesse não significa necessariamente que as empresas vão se transferir para o parque, mas Canoas oferece um negócio atrativo: 61.758 mil metros quadrados, no bairro Fazenda Guajuviras, de graça (quase 3 mil para cada interessada até agora).

Os próximos passos incluem a apresentação oficial dos projetos em 30 dias. A expectativa é fazer as homologações das doações de terreno até o final de julho.

O cluster tecnológico é a primeira fase do PCI, que será composto também pelos parques, Social e Comunitário, do Conhecimento, Científico, Público, de Serviços e Natural. 

O PCI está alto atrasado. Anunciado no início de 2011, o parque formalizou somente em 2012 o seu plano de gestão, com a criação do Instituto Canoas Inovação, braço da Canoas S.A., sociedade de propósito específico (SPE) criada pela prefeitura.

Metas divulgadas em 2013 falavam de ter as primeiras empresas instaladas ainda em 2015, o que parece agora um prazo apertado.

O projeto engloba um total de cinco fases, em um investimento total de aproximadamente R$ 100 milhões, com capacidade de gerar mais de 30 mil empregos.

Veja quem se interessou até agora:

PD3 Tecnologia e Sistemas Digitais

A PD3 Tecnologia foi fundada em 2002 em Porto Alegre e atua como prestadora de serviços de Pesquisa e Desenvolvimento de equipamentos eletrônicos para empresas e mercados de Comunicação de Dados, Telecomunicações, TI, Networking, Telemetria, Smart Grid e afins.

Aligera Equipamentos Digitais

A Aligera desenvolve, industrializa e comercializa soluções de conectividade e acesso para os mercados de comunicação de dados e automação comercial. Fundada em 2003, a Aligera é de Porto Alegre. 

Logmaster Tecnologia

Sediada em Porto Alegre, a Logmaster  é especializada no desenvolvimento e fabricação de sistemas de energia (nobreaks e estabilizadores).

Cabex Eletro Eletrônica

De Porto Alegre, a Cabex foi fundada em 1988 e comercializa componentes eletro-eletrônicos de fabricantes como Foutth Technology, Alfatronic, Kayer Industrial, Weco do Brasil, Patola Eletroplasticos, Optech Tecnologia, entre outras.

Omnitec Automação

A Omnitec é uma empresa com atuação nos segmentos industrial, comercial e de prestação de serviços que foi fundada 1988 em Canoas.

TCS Sistemas

A TCS Sistemas desenvolve um sistema de gestão voltado para o segmento de entidades de classe. A empresa tem sede em Caxias do Sul e foi fundada em 1995. Hoje a empresa atende a cerca de 400 clientes.

Novus Produtos Eletrônicos

A Novus, de Porto Alegre, ingressou no mercado em 1982. A empresa atua no desenvolvimento, fabricação e comercialização de instrumentos eletrônicos de medição e controle. A companhia tem unidades em São Paulo, Campinas, Curitiba, Flórida, Buenos Aires e Bogotá.

Globus Sistemas Eletrônicos

A Globus é uma empresa de desenvolvimento, fabricação e comercialização de equipamentos de controle eletrônico para conforto térmico e refrigeração. A empresa de Porto Alegre tem entre seus clientes nomes como Bourbon, Carrefour, Gerdau e Perdigão.

Exatron Indústria Eletrônica

A Exatron tem sede em Porto Alegre e foi fundada em 1984. A atuação da empresa é voltada para produtos voltados à economia de energia na área de iluminação e segurança.

Victum Eletroeletrônica

De Porto Alegre, a Victum tem 20 anos de mercado e uma equipe formada por 40 profissionais. A companhia é focada em design, engenharia de produto e fabricação de pré-séries de produtos.

Digistar Telecomunicações S.A. 

A Digistar é uma empresa de São Leopoldo que atua desde 1999 e é especializada em equipamentos convergentes (voz, dados, vídeo e mobilidade).

Lamb Construções e Engenharia

De Canoas, a a Lamb Engenharia foi fundada em 1986. A empresa é responsável por grandes projetos industriais, como a construção da fábricas da Vonpar Refrescos, da Pirelli Pneus e da Duratex, todas no Rio Grande do Sul.

A construtora gaúcha, segundo ranking da revista especializada O Empreiteiro, é a 28ª mais bem classificada em receita bruta entre as construtoras da região Sul. Em 2013, obteve receita de R$ 21 milhões.

W e P Trein Consultoria e Informática Ltda

É de Porto Alegre.

Virtuallis Ltda - ME 

Fundada em Santa Cruz do Sul, a empresa atua há 12 anos no mercado como consultora e desenvolvedora de software. O  ERP desenvolvido pela companhia contém diversos módulos e é integrado nativamente com a emissão de NFe, NFCe e NFS-e. 

STI Serviço Técnicos Industriais de Talhas Ltda

De Canoas.

BRS Sistemas Eletrônicos Ltda

De Porto Alegre.

Smart Soluções Ltda - ME (Mercato Automação)

A Mercato, de Canoas, representa e distribui produtos do segmento de automação de marcas como Carrier, Belimo e GE.

Teltex Tecnologia 

A empresa foi fundada em 1993 e tem sede em Canos. Sua atuação é na área de consultoria e elaboração de análise de proteção e riscos e projetos com sistemas de segurança. A empresa trabalha com marcas como Sony, Bosch, Axis, Digifort e Furukawa.

Aston Automação Industrial 

A companhia iniciou suas atividades em 2005 e atua em projetos elétricos e de automação industrial em segmentos como metal mecânico, automotivo, alimentício, agroindustrial, eletrônico e petroquímico. A sede da empresa fica em Sapucaia.

Airside Indústria e Comércio de Produtos para Climatização

A Airside atua no desenvolvimento de produtos para climatização. A empresa foi fundada em Sapucaia.

MP Automação 

Fundada em 2001, a empresa focada em sistemas de automação predial já atendeu clientes como o Snowland, Hospital Moinhos de Vento, GM e Unisinos. A sede da companhia é em Canoas.