João Bortone, diretor de produtos e soluções empresariais da Dell na América Latina.

A Dell vai iniciar a produção de soluções de armazenamento de dados no Brasil. Inicialmente, a empresa passa a fabricar localmente, na unidade de Hortolândia, as controladoras SC9000 e os gabinetes de expansão SC400 e SC420.

“A produção local de storage reforça o compromisso da Dell com o mercado brasileiro, que é hoje um dos principais mercados para a companhia no mundo e, principalmente, garante ainda mais agilidade e flexibilidade para atender clientes locais com uma oferta de soluções de TI ponta-a-ponta”, afirma João Bortone, diretor de produtos e soluções empresariais da Dell na América Latina. 

Segundo ele, com a fabricação no Brasil, a empresa deve reduzir em até um terço o tempo de entrega dos projetos de armazenamento no país.

A Dell SC9000 é uma controladora Storage Center com 2U, desenvolvida sobre a plataforma de servidores Dell PowerEdge 13G. 

Ideal para ambientes de larga escala, a controladora SC9000 é expansível para até 3PB por array, além de federação multi-array com backend de 12Gb SAS. Traz ainda integração com os mais diversos ambientes: VMware Metro Stretch Cluster, Microsoft Azure cloud computing, Oracle, OpenStack, entre outros.

Os gabinetes SC400/420 simplificam a expansão de storage e suportam uma variedade de drives, incluindo SAS, NL-SAS e SSD. O SC400 inclui 12 slots de 3,5” e o SC420 oferece 24 slots de 2,5”.

A EMC, adquirida pela Dell no ano passado, também produz equipamentos de armazenamento no Brasil. Em agosto de 2015 a companhia iniciou a fabricação no país do Isilon Scale-out NAS, enquanto a produção do XtremIO começou dois meses antes.

Os primeiros produtos EMC fabricados no país foram os sistemas de armazenamento em rede CLARiiON (2008) e high-end VMax (2010), mesmo ano de início da fabricação do EMC Avamar.