Charles Jonh Camello, analista sênior da TI da Soprano. Foto: Divulgação.

A Soprano, maior produtora de fechaduras da América Latina, sediada em Farroupilha, na Serra Gaúcha, enviou um e-mail de phishing para os seus próprios funcionários na semana passada.

O e-mail continha um link para uma página criada pela equipe de TI da empresa, visando justamente instruir sobre o perigo de clicar em links desconhecidos.

O texto mostrava pontos do próprio e-mail enviado que poderiam ter sido identificados como suspeitos pelo usuário.

A ação fez parte da 1ª Semana da Segurança da Informação da Soprano

“O tema é muito importante no momento que vivemos em vista das ameaças recorrentes que tem afligido o mundo todo, além do crescente números de golpes eletrônicos registrados no Brasil”, afirma Charles Jonh Camello, analista sênior da TI da Soprano.

Os ataques de phishing são uma das fraudes online mais antigas. 

O Brasil é um destaque no tema, tendo sido inclusive indicado como líder mundial na prática pela Kaspersky Lab em 2015, com pelo menos 18,28%  dos usuários tendo recebido alguma mensagem do tipo.

Nesse ano, o tema segurança da informação foi posto em relevância por ataques em mais de 100 países, nos quais as máquinas eram sequestradas.

O evento contou com artigos diários para os usuários sobre pontos como engenharia social, privacidade, golpes na Internet, boas práticas e outros. 

Também foi feita uma Cartilha de Segurança da Informação e entregue aos colaboradores. 

Um workshop com Marcus Burghardt da MBSEC, fornecedora da Soprano, foi feito com 94 pessoas da companhia de diversas áreas.

A ideia é que o evento seja anual.

A Soprano emprega mais de 1,3 mil colaboradores. Além das fechaduras, o grupo fabrica ferragens, garrafas térmicas, acessórios para móveis, materiais elétricos e equipamentos hidráulicos entre outros.