Hospital terceiriza monitoramento da infra de TI. Foto: divulgação

O Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí, contratou monitoramento remoto da Quick Soft para sua infraestrutura de TI.

A instituição pública, que tem 350 leitos e realiza cerca de 6,5 mil atendimentos de urgência e 6 mil  atendimentos ambulatoriais por mês, tem um parque de 19 servidores.

Conforme Saulo Lombardi, coordenador de TI do hospital, antes do contrato do monitoramento a manutenção do ambiente, que também reúne soluções Red Hat, Microsoft, Oracle, VmWare, Citrix e IBM, era uma dor de cabeça.

“Não tínhamos proatividade na identificação e solução de problemas em potencial. Com o monitoramento é possível adiantar-se a qualquer problema e tomar providências para que o ambiente não seja afetado”, assinala o coordenador.

O Hospital Marieta Konder Bornhausen é administrado pelo Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, sediado em São José dos Campos, São Paulo.

A instituição está em fase de expansão, com a construção de um novo prédio, que somará mais 15 pavimentos à estrutura, com 21,4 mil m², e 201 novos leitos.