CHS opera em 26 hospitais espalhados por 29 estados dos Estados Unidos.

A rede hospitalar americana Community Health Systems (CHS) foi alvo de ataque por hackers chineses, que resultou no roubo de dados de aproximadamente 4,5 milhões de pacientes. A violação foi reportada na segunda-feira, 18, pela organização. 

A instituição informou que os ciberatacantes conseguiram acessar a rede da operadora de em abril ou junho deste ano. 

Os dados roubados incluem nomes dos pacientes, endereços, números de seguro social, datas de nascimento e números de telefone. Segundo a empresa, dados de cartão de crédito ou informações de saúde do paciente não foram acessados.

Os registros são de pessoas que foram atendidas ou encaminhadas para tratamento pela rede ao longo dos últimos cinco anos. 

A CHS opera em 26 hospitais espalhados por 29 estados dos Estados Unidos e conta com mais de 30 mil leitos licenciados, segundo a InformationWeek.

Dados financeiros divulgados em 31 de julho apontam que a organização registrou receita operacional líquida no segundo trimestre do ano de US$ 4,7 bilhões, um aumento de 49,8% em relação aos US$ 3,1 bilhões atingidos no mesmo período em 2013. 

Uma investigação conduzida com apoio da Mandiant aponta que a ameaça hacker veio de um grupo chinês que fez uso de malwares e tecnologias sofisticados para invadir a rede. 

Depois de ser contratada pela CHS para investigar a invasão, a Mandiant implementou medidas de segurança na infraestrutura da rede da organização.

“O objetivo é aumentar a habilidade de inibir, detectar, responder e conter futuros ataques avançados”, comunicou o diretor geral da empresa de cibersegurança, Charles Carmakal. 

De acordo com a rede hospitalar, a Mandiant notificou os órgãos americanos sobre a violação. 

Além disso, a organização relatou que os suspeitos hackers também pegaram dados de propriedades intelectuais da rede hospitalar, como informações de desenvolvimento de dispositivos médicos e equipamentos. 

A CHS disponibilizou serviços de proteção contra roubos de identidade aos pacientes afetados.