A FGV terá 40 vagas para a primeira turma de graduação em Ciência de Dados. Foto: Pexels.

A Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, terá no primeiro semestre de 2020 o primeiro curso de graduação em Ciência de Dados do Brasil. 

Ao longo do curso, os alunos terão contato com questões que envolvem aprendizado de máquina, modelagem estatística, processamento de linguagem natural, visualização; assim como aplicações em epidemiologia, economia, finanças, entre outras. 

O curso de Ciência de Dados apresenta um vasto repertório de conceitos, métodos e técnicas matemáticas, estatísticas e de computação, que capacitam os profissionais a prestar assessoria e a fazer análises qualificadas, além de produzir, gerenciar e analisar grandes bases de dados.

"A nova graduação em Ciência de Dados oferecerá aos alunos uma trajetória inovadora para sua formação. Sendo o primeiro curso no Brasil nessa área, o objetivo é garantir a excelência da nossa graduação. Nossos alunos serão capacitados para, ao invés de somente utilizarem ferramentas e pacotes comumente disponíveis, aprenderem a criar suas próprias ferramentas analíticas através de ambientes de programação", destaca Yuri Saporito, coordenador do curso.

Serão abertas 40 vagas para a primeira turma de Ciência de Dados – 32 vagas por meio do vestibular FGV e 8 vagas pelo ENEM. O curso é presencial e tem 2.610 horas (quatro anos de duração). 

As inscrições para o vestibular se encerram no dia 8 de outubro.