Tem câmera de monitoramento, tem. Foto: flickr.com/photos/jgonzalezs

Salvador terá 215 câmeras, em pontos estratégicos da capital baiana, com objetivo de inibir e monitorar a criminalidade. A aquisição do equipamento está em fase de licitação.

Já publicado no Diário Oficial, a implementação será feita com recursos do próprio governo do Estado.

Conforme matéria da Tribuna da Bahia , oe vídeomonitoramento urbano será feito com câmera digital tipo speed-dome, foco de 360 graus e zoom ótico com capacidade técnica para aproximar a imagem captada em até 35 vezes e armazená-la por até 21 dias.

A empresa vencedora da licitação, que deverá ser conhecida no início do próximo mês, terá 90 dias para iniciar a instalação dos equipamentos em postes e fachadas de imóveis.

A unidade de inteligência da Secretaria de Segurança Pública determinará os bairros com suas respectivas ruas, avenidas e praças onde ficarão os equipamentos. As imagens captadas serão acompanhadas pela Polícia Militar e SSP, que poderão ter acesso em tempo real da movimentação nas áreas monitoradas.

Ainda segundo o jornal, Salvador será uma das capitais contempladas com um montante de câmeras cedidas pelo governo federal, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública. Os equipamentos terão como finalidade combater o tráfico e consumo de crak nas áreas urbanas conhecidas como cracolândias.