Milton Larsen Burgese.

Milton Larsen Burgese, ex-diretor de setor público da Microsoft, acaba de assumir o cargo de country manager da divisão Enterprise da Apple no Brasil.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Baguete.

O executivo fez quase toda sua carreira na Microsoft, excluindo um período de cinco anos entre 2007 e 2012 no qual foi head de Educação do Google no país.

Já na Microsoft, Burgese entrou em 1994 como analista de suporte, passando por uma série de posições na área de vendas, incluindo a gestão da conta do Bradesco, responsável pela operação no Recife e outras.

Burgese responderá a Elio Schiavo, gerente geral para a divisão entreprise na América Latina, baseado em Miami.

A Apple vem fazendo movimentos para aumentar sua presença no segmento corporativo.

No ano passado, fechou um acordo com a SAP para levar o iOS para a base de clientes empresariais da multinacional alemã.

Em 2014, a companhia assinou um acordo similar com a IBM, outra empresa referência no segmento. Em 2015, foi a vez da Cisco.

As parcerias são mutuamente benéficas. Companhias de software empresarial se beneficiam da popularidade dos produtos Apple com os usuários finais, o que tem se tornado cada vez mais influente nas decisões corporativas.

Para a Apple, o universo corporativo é uma oportunidade de crescimento, em um momento em que a presença no mundo consumer parece dar sinais de ter chegado ao auge.

É difícil saber as implicações disso para o mercado brasileiro, onde a Apple é extremamente opaca sobre as suas movimentações, limitando-se a divulgar lançamentos de produto e movimentações macro da empresa, sem oferecer contexto local.