A Adtalem acaba de migrar suas maiores aplicações de negócios para a Azure, da Microsoft. Foto: Pexels.

A Adtalem Educacional do Brasil acaba de migrar suas maiores aplicações de negócios, entre elas o seu software de gestão empresarial (SAP) e o software de gestão de pessoas (Totvs RM) para a Azure, da Microsoft.

A empresa, que já usava uma solução em cloud computing, contou com a Brasoftware para iniciar um projeto de melhoria da infraestrutura em nuvem, que incluiu uma análise de consumo e uso de serviços. Em três meses, o ambiente entrou no ar, com uma redução de custo de mais de 40%.

Com mais de 18 instituições de ensino superior distribuídas pelo Brasil, a migração impactou diretamente mais de 110 mil alunos e aproximadamente 6 mil colaboradores. 

"Adotamos a tecnologia de cloud computing há dois anos, que de fato funcionou muito bem, porém, os custos com a solução estavam ultrapassando nossa estimativa. Então fez-se necessário buscar outros fornecedores com o mesmo padrão de excelência, mas com preços mais competitivos e migrar todas nossas aplicações baseadas em Windows", destaca Luiz Alvarez, CIO da Adtalem Educacional do Brasil.

A migração foi dividida em fases. Inicialmente, foi feita uma análise da arquitetura do ambiente da Adtalem Brasil, identificando o que era crítico e as aplicações mais rápidas de serem levadas para a nuvem. 

No começo, foram levados os servidores que tinham um menor impacto e, conforme esses ambientes eram estabilizados, outros servidores eram levados gradativamente. Durante a fase de transição, a equipe de consultores fez um trabalho para consolidação dos recursos na nuvem e, assim, menos servidores foram migrados, além de alguns serviços terem sido alocados em outras máquinas que tinham recursos sobrando. 

Por último, com o ambiente em produção, foi feito um trabalho de análise comportamental e de desempenho para verificar se ainda era possível otimizar os recursos alocados.

"Uma das nossas preocupações durante o projeto foi de otimizar o tempo, diminuindo a indisponibilidade dos serviços que são críticos. O momento de maior frisson foi a virada do SAP para nuvem, pois entendemos que estávamos migrando o coração da empresa e dada sua criticidade mantemos o mesmo ambiente de produção replicado no Azure e simulamos uma falha, derrubando o antigo e deixando o novo no ar, que é o que permanece até hoje" explica Ivon Sousa, executivo de estratégia e soluções cloud da Brasoftware.

Fundada em 1987, a Brasoftware comercializa soluções de empresas como Microsoft, Autodesk, Adobe, Symantec, McAfee, Citrix, Arcserve, Corel, entre outras. Em 2002, a empresa criou uma divisão de serviços, a Brasoftware Consulting, com atuação nas áreas de desenvolvimento, implementação e infraestrutura.

Com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Brasília, a companhia tem clientes como BrasilPrev, Claro, Cielo, Editora Abril, Grupo Votorantin, Serasa Experian, Vivo, Sky, Eletrobrás, UOL e Senai-SP.