Multinacional alemã, a Melitta foi fundada em 1908. Foto: Divulgação.

A Melitta é uma companhia que desenvolve produtos que ofereçam aos consumidores o máximo do prazer do café. A empresa oferece em seu portfólio café Melitta, filtros e acessórios, Wake e a marca de café Bom Jesus. 

Multinacional alemã, a Melitta foi fundada em 1908, em Dresden, por Melitta Bentz, criadora do primeiro filtro de papel para coar café. Hoje, presente em 60 países, o Grupo Melitta tem no Brasil o 2º maior mercado.

Com a entrada da NF-e, as empresas precisaram se adaptar a diversos processos e a recepção de XML da NF-e tornou-se uma atividade demorada, sendo feito manualmente. Cada documento precisa ser validado com as informações contidas no DANFE e com o próprio Sefaz. 

Com este cenário, a Melitta procurou no mercado uma solução que automatizasse o processo e agilizasse todas as demandas fiscais envolvendo todo o tipo de Documento Fiscal Eletrônico, ou simplesmente DF-es ( NF-e, CT-e, NFC-e, NFs-e, etc), além possuir funcionalidades como a manifestação de destinatário e download de NF-e.

Realizando a investigação no mercado de TI, a Melitta contratou a gaúcha TN3 Soluções, e todos os processos foram automatizados com a implantação do DFEntrada. A mudança do sistema gerou mais segurança na validação e organização dos processos envolvendo DF-es, que antes demoravam muito mais tempo por serem manuais. 

Aliado à essa segurança, o sistema disponibilizou diversas ferramentas de automatização de processos de manifestação de destinatário para operações acima de R$ 100 mil, e a varredura de NF-e emitidas contra o CNPJs do Grupo.

Na primeira fase do projeto, o DFEntrada realizou a validação de todas as NF-e e os CT-e do ativo presente, bem como a guarda organizada dos arquivos XML. Já na segunda etapa, foi realizada a validação em tempo real dos documentos recebidos por e-mail, além da varredura dos Webservices do SEFAZ, para verificar possíveis NF-e emitidas contra o Grupo que não são enviados para a Melitta.

Ainda, o sistema é configurado para que, depois de sete dias da emissão da NF-e contra os CNPJS da Mellita, o DFentrada realize o download automatizado das NF-e, mantendo a base de XML constantemente atualizada.

Outros processos foram customizados conforme a demanda da Melitta, entre os quais podem-se destacar  a automatização de avisos para os setores e pessoas envolvidas, manifestação automática e cruzamento documentos guardados e validados via SPED.