Migrate com nova solução. Foto: divulgação.

A Migrate anunciou o lançamento nacional do InvoiCy, plataforma de soluções fiscais via web, que permite ao ERP emitir documentos fiscais através de uma integração única.

Visando clientes grandes no varejo do país, a empresa afirma que a solução reduz custos operacionais e de equipamentos de emissão fiscal para as empresas do setor, já antenada com o sistema de nota fiscal eletrônica ao consumidor, sistema já operante em doze estados do país - incluindo o Rio Grande do Sul.

Com a nova plataforma, a empresa gaúcha quer simplificar o processo através de modelos comerciais mais dinâmicos, facilidades na integração, agilidade no envio e gerenciamento dos documentos eletrônicos.

A plataforma disponibilizará inicialmente os módulos para emissão de NF-e (Nota Fiscal Eletrônica), CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico), NFS-e (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica) e NFC-e (Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica).

Para o Diretor de Mercado da empresa, Adilson Weddigen, a solução é resultado de uma evolução dos produtos já fabricados pela empresa e tem integração com mais de 200 ERPs. Com a tecnologia, a empresa garante que é possível criar PDVs completos em tablets, da venda ao pagamento.

Dentre os diferenciais da solução está o framework de integração, que permite, além da comunicação nativa por web services, que os clientes e parceiros integrem seus sistemas em diferentes plataformas como Windows, Windows 8, Linux e Android.

Conforme explica o analista de negócios da Migrate, Fabio Crestani, o InvoiCy foi desenvolvido para operar 100% em memória.

"Com a tecnologia de armazenamento em memória a ferramenta reduz o acesso ao banco de dados para leitura e gravação, aumentando a performance em 75%, com a garantia da integridade dos dados”, aponta Crestani.

Especializada em soluções para gestão de documentos fiscais e com unidades no Brasil e Uruguai, a Migrate emite através de suas soluções cerca de 1,5 milhão de documentos por mês frente aos 130 milhões processados pelas SEFAZ (Secretaria da Fazenda dos Estados).