Alunos a partir do 5º ano usam o Office 365 no Colégio Visconde de Porto Seguro. Foto: Divulgação.

O Colégio Visconde de Porto Seguro, com aproximadamente 10 mil alunos e 700 professores, adotou o Office 365, da Microsoft.

O Office 365 é a versão online dos tradicionais softwares do pacote Office e, no Colégio Porto Seguro, os alunos começaram a usá-lo para criar, editar e compartilhar arquivos, tarefas e outras atividades na nuvem.

A partir do uso da ferramenta, os alunos passaram a construir de maneira colaborativa quando estão em casa, por exemplo.

Alunos a partir do 5º ano usam o Office 365. Cada um possui uma conta de e-mail criada especialmente para o acesso à ferramenta. 

“Nós enxergamos a tecnologia como suporte para complementar as atividades em sala de aula e fora dela, garantindo um fluxo maior de conteúdo e informações uteis para o aluno”, afirma Renata Pastore, diretora de tecnologia educacional do Porto Seguro.

Alguns professores utilizam o Office 365 para compartilhar roteiros de aula, para que os estudantes tenham acesso prévio ao conteúdo, com a chance de se preparar melhor para a aula seguinte. 

Como parte do projeto de intercâmbio do Porto Seguro, os alunos também usaram o Office 365 para construir junto com estudantes alemães uma planilha comparativa com dados da fauna e da flora do Brasil e da Alemanha.

“O simples fato de ter um e-mail só para atividades da escola, fazer videoconferências e editar textos em grupo, por exemplo, já prepara o estudante para a realidade que encontrarão na universidade e no mercado de trabalho”, diz Renata.

O Office 365 já era utilizado pelo Colégio Porto Seguro na área administrativa há cerca de um ano e meio. Antes de levar a ferramenta para a área pedagógica, a instituição fez um trabalho de preparação com alunos e professores, que passaram a ter acesso em abril deste ano.

Além do Office 365, o Porto Seguro também utiliza o Dynamics CRM, ferramenta adotada com o objetivo de aprimorar o processo de comunicação da instituição com pais, alunos e responsáveis.

Em outubro, a Microsoft relatou dois outros casos de colégios de São Paulo que adotaram o Office 365.

A Escola Lourenço Castanho disponibiliza a ferramenta para 1,6 mil alunos e cerca de 300 funcionários.

Já o Colégio Bandeirantes adotou o sistema em nuvem, assim como o OneDrive, para cerca de 2,8 mil alunos.