O novo estacionamento da Estapar oferece 256 vagas. Foto: l i g h t p o e t/Shutterstock.

A Estapar lançou, por meio da controladora iPark Catedral, o primeiro edifício-garagem robotizado do país. Localizado no centro de Florianópolis, o empreendimento tem oito andares.

O estacionamento oferece 256 vagas operadas por 19 robôs e quatro elevadores inteligentes que recebem, armazenam e entregam os veículos. O sistema consegue guardar até três carros ao mesmo tempo e leva no máximo quatro minutos para acomodar cada automóvel.

“A Estapar tem como foco aperfeiçoar o serviço de estacionamentos de forma a torná-lo um instrumento para a melhoria da mobilidade urbana na capital catarinense. Por isso, o investimento em inovação”, afirma André Iasi, CEO da Estapar.

Logo na entrada do estacionamento, três cabines estão à disposição do usuário. Para estacionar, o cliente precisa encostar seu carro em uma delas, desligar o motor, puxar o freio de mão, sair e levar as chaves. Não há interação entre os funcionários e os veículos.

Ao sair do carro, o motorista dirige-se a uma máquina que emite seu tíquete de estacionamento. 

No retorno, o usuário paga a tarifa, insere seu tíquete na máquina e tem seu carro entregue em até quatro minutos. 

O local conta também com três colaboradores e dois técnicos especializados em robótica. O início da operação será assistida e parcial em dois andares. Até o final de 2015, o estacionamento funcionará com sua capacidade máxima.

A inauguração do edifício-garagem robotizado faz parte do plano de expansão da Estapar, que está investindo em 2015 cerca de R$ 200 milhões.

A Estapar foi fundada em 1981 e administra mais de 1000 estacionamentos em mais de  75 municípios e 17 estados brasileiros, além do Distrito Federal.  

A operação soma 350 mil vagas, por onde passam mensalmente cerca de 15 milhões de veículos. 

No segmento de estacionamento rotativo em vias públicas, a empresa é concessionária em 19 cidades, administrando mais de 26 mil vagas e mais de 1,2 mil parquímetros eletrônicos instalados em cinco estados (SP, ES, SC, RS e MG).