Clientes do Itaú agora podem sacar via biometria. Foto: divulgação.

O banco Itaú anunciou nesta semana o lançamento da funcionalidade de saque via identificação biométrica para seus clientes.

De acordo com a instituição financeira, os clientes com biometria já cadastrada no banco poderão efetuar os saques, usando as suas impressões digitais como substituição à digitação de senhas.

Na identificação inicial no caixa eletrônico, o cartão ainda pode ser usado, mas pode também ser trocado pela digitação dos dados da conta do cliente.

Segundo o Itaú, a tecnologia já está disponível em todas as agências do banco no país.

O uso da biometria dá mais agilidade no atendimento dos caixas eletrônicos, assim como aumenta a confiabilidade das transações, destaca o Itaú em comunicado à imprensa.

“Com estes novos procedimentos, nossos clientes passam a acessar seus dados e informações de forma mais rápida e segura, por meio de uma das mais modernas tecnologias do gênero no mundo”, explica Luiz Veloso, diretor de produtos para pessoa física do Itaú Unibanco.

Segundo o executivo, a possibilidade de saque sem cartão traz maior conveniência, principalmente agora na época de férias, para os clientes que estão em viagens. A expectativa do banco é de que até o final do ano, todas as novas contas correntes abertas já adotem a tecnologia.

Além dos novos correntistas, o banco vem cadastrando as digitais de todos os clientes atuais.

BRADESCO

Na última quinta-feira, 13, o Bradesco também anunciou o serviço de identificação biométrica para saques e consultas de saldos em seus caixas eletrônicos.

Para frisar que "chegou primeiro", o Bradesco soltou uma nota à imprensa nesta quarta-feira, 19, afirmando que já está em "uma nova fase" no uso da identificação biométrica.

“Fomos pioneiros este ano ao permitirmos a realização de saques e consulta do Em apenas uma semana foram feitos mais de 216 mil transações sem o cartão”, destaca  Luca Cavalcanti, diretor dos canais digitais do Bradesco.

A tecnologia, adotada em 2007, dispensa o uso do cartão de débito. Atualmente, cerca de 93% dos mais de 35 mil terminais de autoatendimento do Bradesco estão equipados com o dispositivo, contemplando toda a rede de agências do banco.

Para fazer ações da conta corrente ou da conta-poupança sem o cartão de débito, o cliente deve digitar os números de sua agência, conta e dígito, e informar a titularidade, quando a conta for conjunta.