Pregão está marcado para janeiro.

A Finep, órgão de fomento ligado ao Ministério de Ciência e Tecnologia, gastará R$ 33 milhões na compra de um ERP em 2014.

A compra será feita por pregão eletrônico do tipo menor preço global no dia 6 de janeiro  por meio do Portal de Compras do governo federal.

O edital inclui o licenciamento de uso definitivo e a prestação de serviços técnicos especializados de implantação (considerando os produtos contidos nas fases de planejamento da implantação, desenho, construção, testes, treinamento e transição), suporte do implante (operação assistida) e manutenção.

O investimento em um ERP acontece em meio a esforços do governo por reduzir a burocracia da Finep na concessão de financiamento.

Em agosto, a diretoria da estatal anunciou a meta de reduzir de 112 para até 30 dias o tempo de análise de mérito e enquadramento das propostas de financiamento que a agência de fomento recebe.

O corte no prazo seria obtido através do uso de um “rating de inovação”, um conjunto de 86 indicadores para classificar projetos apresentados à Finep construído em conjunto com Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

A Finep tem um orçamento grande. No final do ano passado, o Ministério de Ciência e Tecnologia falava em R$ 5 bilhões disponíveis para empréstimos.