Volvo apresenta solução para evitar acidentes com ciclistas. Foto: divulgação.

A Volvo anunciou uma parceria a POC, fabricante de equipamentos de proteção, e a Ericsson para o lançamento de uma tecnologia de segurança para conectar carros e ciclistas.

A tecnologia consiste em uma conexão, via nuvem, entre o carro e o protótipo de capacete que irá estabelecer a ligação de duas vias de comunicação, gerando alertas de proximidade para os motoristas de carros da Volvo e para os ciclistas, como forma de evitar acidentes.

Usando um aplicativo de celular popular entre ciclistas, como o Strava, é possível compartilhar a posição do ciclista em relação ao carro e vice versa, usando a rede de informações online da Volvo Cars.

No caso de uma colisão iminente, o motorista do Volvo será alertado da proximidade do ciclista por meio de um alerta no painel – mesmo se ele estiver em um ponto cego, atrás ou encoberto por outro veículo, ou em uma condição difícil de ser vista, como à noite. O ciclista será alertado por uma luz de alerta no capacete.

De acordo com a montadora, nenhum fabricante de automóveis lançou até agora tecnologia similar para resolver a questão, utilizando a conectividade como tecnologia de segurança.

A exposição do projeto acontecerá na Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas, entre os dias 6 e 9 de janeiro de 2015. Segundo a Volvo, a tecnologia é uma evolução do City Safety, tecnologia da montadora lançada em 2013 que usa sensores para acionar a frenagem do veículo em caso de uma colisão iminente com um ciclista.

Segundo a Volvo, o uso destas tecnologias se faz cada vez mais necessário, visto o aumento do número de ciclistas e a preocupação com a segurança ao dividirem espaço nas vias públicas com motoristas.

Globalmente, 132,3 milhões de bicicletas foram vendidos em 2013, e segundo dados do Ministério de Transportes da Grã-Bretanha, os ferimentos graves de ciclistas em estradas do Reino Unido, em 2013, foram 31% maior do que em 2009.

"Ao explorar os sistemas de segurança baseados em nuvem, estamos chegando cada vez mais perto de eliminar os pontos cegos restantes entre carros e ciclistas e evitar as colisões", afirmou Klas Bendrik, VP e Group CIO da Volvo Cars.