A Atto Sementes é uma das maiores produtoras de sementes de milho e soja do país. Foto: Pexels.

A Atto Sementes, uma das maiores produtoras de sementes de milho e soja do país, apostou na automação de suas fazendas com a Vivo Empresas, área da Telefônica Brasil voltada ao segmento B2B. 

Na região de Alto das Garças, Mato Grosso, o projeto tem uma infraestrutura que contempla cobertura 4G e redes específicas para adoção de soluções baseadas em internet das coisas.

Além da rede móvel, a infraestrutura de conexão inclui as redes Narrow Band IoT (NB-IoT) e Long Term Evolution for Machines (LTE-M).

A rede NB - IoT, que responde melhor por dispositivos portáteis, tem aplicações de sensoriamento do clima, como temperatura ambiente, umidade do solo e incidência solar, tipicamente utilizadas em estações meteorológicas.

Já a tecnologia LTE-M apresenta melhor performance em aplicações que demandam mais mobilidade, como telemetria de maquinários agrícola como tratores, implementos, colhedoras e colheitadeiras.

Estas tecnologias devem suportar o grande número de dispositivos conectados previsto para os próximos anos, possibilitando que essas aplicações absorvam as características das novas redes, com alta autonomia de bateria e melhor cobertura do sinal, especialmente em ambientes remotos.

A conectividade deve impactar na automação de todo o maquinário agrícola, caminhões, estações meteorológicas e pluviômetros digitais, sendo a etapa final da entrada da empresa no conceito que define como Fazenda 4.0.

Segundo a companhia, as mudanças otimizam seus recursos e dão maior velocidade na tomada de decisão.

“Nosso objetivo é levar a melhor conectividade rural, para propiciar inovação e aumento de produtividade no campo por meio de soluções baseadas em Internet das Coisas”, explica Diego Aguiar, head de internet da coisas, big data e inovação B2B da Atto Sementes.

As novas redes estarão integradas à Vivo Kite Plataform,  plataforma própria de gestão de dispositivos IoT da companhia. 

Entre as funcionalidades, estão habilitar ou desabilitar serviços, acompanhar o status das conexões em tempo real, sua localização aproximada, além de evitar uma utilização indevida de um equipamento não autorizado. 

Atualmente, a Vivo conta com mais de 10 milhões de dispositivos conectados no segmento M2M-IoT,  mercado do qual é líder com 41% de share.

Fundada em 1980, a Atto Sementes fornece sementes para 1,5 milhões de hectares de soja e mais de 500 mil hectares de milheto por ano.