Foto: Denys Prykhodov/Shutterstock.com

O Facebook movimenta US$ 10 bilhões na economia brasileira e gera 231 mil empregos, de acordo com a pesquisa “Impacto do Facebook na Economia Global”, realizada pela consultoria Deloitte.

Globalmente, a rede social gera um impacto econômico de US$ 227 bilhões e 4,5 milhões de empregos. Na América Latina, são gerados 1,43 milhão empregos e inseridos US$ 21 bilhões na economia local.

Hoje, a cada 3 empresas brasileiras, uma possui uma página na rede social. O Facebook possui 91 milhões de usuários brasileiros que acessam a plataforma mensalmente, além de 2,1 milhões de pequenas empresas locais com páginas ativas na rede.

A rede social revela que, ao todo, 72 milhões de pessoas no Brasil (o que corresponde a 80% da base mensal), estão conectadas à página de uma pequena empresa. Esse número supera a média mundial, referente a 70%. 

O estudo afirma que os principais beneficiados são os pequenos negócios, desenvolvedores de aplicativos e empresas inovadoras.

Em relação às atividades de marketing, que abrange companhias que usam a rede social para se conectar com clientes, construir a marca e impulsionar vendas online e offline, o Brasil é o segundo país com maior impacto econômico, com US$ 8,4 bilhões, e também em empregos gerados (189 mil). O país perde somente para os Estados Unidos. 

No mundo, o impacto econômico no marketing é de US$ 148 bilhões e 2,3 milhões de empregos.

Em relação aos desenvolvedores de aplicativos que utilizam a plataforma para suportar produtos e serviços terceiros, o valor econômico movimentado no Brasil chega a US$ 600 milhões. Globalmente, o montante gerado é de US$ 29 bilhões.

O estudo também verifica os efeitos do Facebook quanto à conectividade - que leva em consideração vendas de dispositivos móveis e conectividade de internet motivadas pelo desejo dos consumidores de acessar o a rede social.

No Brasil, a conectividade injeta US$ 1,3 bilhão na economia e produz 25 mil empregos. No mundo, o segmento movimenta US$ 50 bilhões e gera 1,6 milhão de empregos.