Marcel Lotufo.

A Kenoby, startup de recrutamento e seleção, recebeu um aporte de R$ 20 milhões de investimento em rodada série A liderada pelo Astella, um dos principais fundos de venture capital do país.

Residente no centro de empreendedorismo Cubo Itaú, a startup foi fundada em 2015 e é liderada por Marcel Lotufo, um ex-headhunter.

Segundo a startup, o investimento será destinado principalmente à área de inovação de produto, além da ampliação do time de desenvolvimento de inteligência artificial.

Com mais de 450 clientes, a startup também pretende dobrar a receita em 2020, repetindo o feito alcançado no último ano.

O crescimento previsto também deve quadruplicar o número de candidaturas na plataforma, que hoje está em mais de 2 milhões por mês. Desde a sua fundação, já foram mais de 150 mil recrutamentos.

Entre as companhias que utilizam a ferramenta, estão Hotmart e Loggi, McDonald’s, Leroy Merlin, Kroton e Renault-Mitsubishi-Nissan.

“Chegamos na Série A com US$ 1 milhão em funding. Se conseguimos fazer tudo isso com este valor, imagina o que faremos daqui para frente.”, projeta Marcel Lotufo, cofundador e CEO da Kenoby.

De acordo com a startup, o sistema contribui para reduzir o tempo no fechamento das vagas, e em 50% o custo operacional com o recrutamento, proporcionando uma seleção  ainda mais estratégica.

“Encontramos na Kenoby todos os ingredientes de uma empresa de sucesso: um time apaixonado e que bota para fazer, além de um produto 10 vezes melhor que dos concorrentes, uma máquina de vendas previsível, escalável e eficiente", ressalta Edson Rigonatti, sócio e fundador da Astella.

De acordo com a Kenoby, o mercado global de recrutamento e seleção é avaliado em US$ 500 bilhões e, no Brasil, de US$ 10 bilhões.