Kepler Weber terceiriza infra de TI com Sonda. Foto: divulgação

A Kepler Weber, fabricante de equipamentos para armazenagem, beneficiamento e movimentação de granéis com fábricas no Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, acaba de terceirizar a gestão de sua infra de TI com a Sonda IT.

O contrato, que vigora deste mês até 2018, abrange serviços de service desk, field service, NOC (Network Operation Center) e gerenciamento de incidentes.

Nada foi divulgado oficialmente a respeito, mas a contratação indica uma consequência da migração recente da Kepler Weber do ERP Totvs para o SAP, já que a Sonda é integradora da multi alemã, tendo investido R$ 6 milhões no triênio 2011-2013 só na criação de uma área específica para a oferta de soluções da parceira – o Núcleo Estratégico SAP, ou E-SAP.

O gerente de TI da Kepler Weber, Patricio Jouri, explica que da produção anual de grãos acima de 145 milhões de toneladas registrada no Brasil, mais de 90 milhões passam por uma solução da empresa.

“Para dar suporte ao crescimento, a melhor opção foi adotar o ITO (Infrastructure Technology Outsourcing)”, avalia. “Depois de analisarmos cinco empresas, chegamos à conclusão que a Sonda seria a mais adequada porque está presente nas localidades em que mantemos nossas plantas”, completa.

Além disso, pesou a favor da integradora o fato de trabalhar com metodologias de processos alinhados ao ITIL e Cobit, segundo Jouri.

O outsourcing inclui servidores, equipamentos de comunicação e suporte para usuários finais.
A Sonda fará o gerenciamento, monitoramento e suporte à infraestrutura de servidores a partir do NOC (Network Operation Center).

Isso permite controlar o uso e performance de servidores em tempo real, identificando possíveis alterações nos equipamentos por meio de uma console única de gerenciamento.

Além disso, todo o histórico de informações geradas no NOC é coletado e consolidado em relatórios, que podem ser acessados remotamente pelo cliente via web.

“Esta metodologia agiliza o processo de resolução de problemas, reduzindo custos para o cliente, além de proporcionar o melhores níveis de suporte técnico e manutenção”, explica a diretora da regional gaúcha da Sonda IT, Karine Lima.

A Kepler Weber encerrou o terceiro trimestre de 2012 com receita líquida de R$ 94,8 milhões, queda de 24,6% em relação ao mesmo período de 2011, e lucro de R$ 7,3 milhões, redução de 11,1% ano/ano.

A empresa afirma ser a maior do Brasil em seu setor de atuação.