Zenvia e 4all se uniram num caso de amor pelo WhatsApp. Foto: Pixabay.

A Zenvia, empresa de soluções de mobilidade de Porto Alegre, criou um sistema de pagamentos por meio do WhatsApp em conjunto com a Uhuu, e-commerce de ingressos pertencente à plataforma de aplicativos 4all.

Cassio Bobsin, da Zenvia, e José Renato Hopf, da 4all, garantiram à Zero Hora que o pagamento pelo aplicativo é um case inédito no Brasil. 

Num primeiro momento, serão vendidos 20 ingressos e 20 copos promocionais do espetáculo de origem argentina Fuerza Bruta, em cartaz em Porto Alegre, onde ambas empresas estão sediadas.

Até o final de abril, a opção deve estar disponível de forma ilimitada para compra de ingressos e outros produtos da Uhuu.

Não está claro, no entanto, qual é o negócio que pode ser desenvolvido a partir disso para 4all e Zenvia. 

A Zenvia pode integrar a novidade à sua plataforma de criação de chatbots, mercado no qual a companhia está apostando para diversificar sua atuação, inicialmente concentrada em sistemas para gestão de mensagens de SMS.

Já a 4all, foi criada no final de 2016 e começou como um marketplace de diferentes tipos de aplicativos, com um sistema de pagamentos integrado. 

Essa área é a expertise do CEO José Renato Hopf, fundador da GetNet, uma companhia de máquinas de cartão vendida para o Santander.

O approach inicial da 4all era no focado no público B2C com metas de atingir uma massa de milhares de usuários em um espaço relativamente curto de tempo.

A empresa teve muita visibilidade nos seus primeiros meses de atuação, principalmente no Rio Grande do Sul, para depois submergir e voltar com um foco mais B2B, visando “ajudar companhias na sua transformação digital”.

O WeChat, aplicativo de mensagens que é o WhatsApp da China, é conhecido por permitir o pagamento sem sair da plataforma. O WhatsApp não tem funcionalidades próprias desse tipo.