Camisas da Dudalina são objeto de desejo. Foto: divulgação.

A Dudalina, empresa catarinense do ramo têxtil, realizou automação dos processos da área de inteligência de mercado e comercial utilizando a plataforma Google Apps for Business com consultoria da Ilegra.

O projeto teve como estratégia a customização da plataforma Google Apps com a integração de sistemas gerenciais focando na colaboração, agilidade e facilidade para a área comercial.

Foram adotadas ferramentas como Google Spreadsheet, Google Calendar, Google Sites, e Apps Scripts para integrar as informações da base Oracle com o Google CloudSQL. 

Com as tecnologias, a Dudalina customizou e sincronizou informações entre as ferramentas e regras do negócio. A integração com a nuvem automatizou os processos antes manuais, facilitando o trabalho para os gerentes e supervisores.

“A Dudalina cresce de 25 a 30% ao ano, em uma velocidade de crescimento muito rápida e, devido este cenário, são necessárias análises estratégicas do ambiente. A integração de ferramentas otimizou tempo e esforços, e proporcionou  um ganho de competitividade enorme" afirma o gerente do projeto na varejista, Luiz Guilherme Noldin. 

No final do ano passado, os fundos de investimentos norte-americanos Advent e Warburg Pincus compraram o controle da Dudalina, de Blumenau, adquirindo 72,27% da marca, em um negócio estimado pela imprensa em R$ 600 milhões

Em 2012, a marca registrou um faturamento de R$ 349,5 milhões, alta de 49%. A expectativa divulgada para este ano era de R$ 500 milhões. São 93 lojas no país e duas no exterior, além de presença em 1,3 mil lojas multimarcas.

O pulo do gato da Dudalina foi lançar uma linha de camisas para executivas, cujo preço médio é de R$ 300. 

Sediada em Porto Alegre, a Ilegra é certificada pela Google Enterprise para Google Apps for Business no Rio Grande do Sul e Santa Catarina e Paraná.

A nova área de negócios se somou às já existentes como DBA as a Service, serviços em tecnologia SAP, desenvolvimento de software, infraestrutura e mobilidade baseada em conceitos de SOA e cloud computing.

A empresa faturou R$ 15 milhões em 2012, alta de 20% sobre o resultado do ano passado.