A Palo Alto foi selecionada pela JFSC para implementação de firewalls. Foto: Divulgação.

A Palo Alto Networks foi selecionada pela Justiça Federal de Santa Catarina (JFSC) para implementação de firewalls, num projeto que buscou melhorar a visibilidade do tráfego de suas redes e simplificar o gerenciamento de suas políticas de segurança.

“Com o uso da plataforma de segurança da Palo Alto Networks, nós podemos aplicar de forma precisa controles de regras e medidas contra brechas de segurança, especificando qual das aplicações ou websites podem ser acessados e a quantidade de banda que pode ser consumida por cada um deles. Ainda, com o gerenciamento de segurança de redes do Panorama, podemos alinhar políticas e reduzir o tempo gasto com a gestão da TI em 60%”, diz Milton Lúcio de Souza Cortes, supervisor de Segurança da Informação no Núcleo de TI da Justiça Federal de Santa Catarina.

Antes de adotar as soluções da Palo Alto Networks, a equipe de TI da JFSC tinha visibilidade mínima, controle de tráfego reduzido e as políticas de controle de acesso estavam distribuídas em quatro interfaces de gerenciamento diferentes.

Com o projeto, a organização queria atuar também na prevenção de ataques, que poderiam resultar em roubo de informações e dados confidenciais, e evitar o consumo excessivo de largura de banda não relacionado às atividades comerciais.

Para endereçar estes desafios, o JFSC escolheu o modelo PA-3020 de firewalls de próxima geração com assinatura de filtros de URL, além da solução Panorama, para gerenciar a segurança de rede. O tempo de implementação foi de uma semana para preparação e seis horas de instalação completa.