Distrito e a Parallax vão investir em fintechs em estágio inicial de desenvolvimento. Foto: Pexels.

A plataforma de inovação Distrito e a Parallax Ventures fecharam uma parceria para investir até R$ 10 milhões em fintechs nacionais. A ideia é aplicar o recurso em startups que estejam em seus períodos iniciais de desenvolvimento (fases chamadas de Seed e Series A).

“Queremos encontrar as melhores oportunidades de negócio em conjunto”, diz Gustavo Gierun, co-fundador da Distrito. 

A aposta no segmento financeiro está relacionada com a quantidade e maturidade dos empreendedores do setor, a evolução da regulação brasileira e avanço do Open Banking e a alta concentração de mercado.

Desde seu início, em 2018, a Parallax já desembolsou aproximadamente R$ 13,5 milhões para capitalizar seis startups, das quais cinco são fintechs (CERC, Monkey, goLiza, Ali Crédito e Asaas) e uma atua na área de saúde (Bright). 

“A combinação do nosso know-how, conhecimento do setor, rede de relacionamentos e disponibilidade de capital com a estrutura e competência da Distrito otimiza o ciclo de crescimento sob o ponto de vista das startups”, afirma Fabio Dutra, co-fundador da Parallax.